Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Harry e Meghan Markle pagam dívida de 3 milhões de dólares

Um fundo alimentado por dinheiro público destinado aos gastos reais financiou a quantia gasta na obra

Por Da Redação Atualizado em 7 set 2020, 17h25 - Publicado em 7 set 2020, 17h19

Sem dívidas! O príncipe Harry e Meghan Markle pagaram o valor de US$ 3 milhões, equivalente a 16,7 milhões de reais, gastos na reforma da residência do casal no Reino Unido. Para a People, o casal informou por meio de um comunicado que “cobriu totalmente” os custos da obra financiados pelo Sovereign Grant, fundo do Reino Unido reservado para os membros da realeza, que é alimentado pelos contribuintes. Ao abdicarem dos postos de membros seniores, o casal afirmou que reembolsaria o valor.

“Uma contribuição foi feita para o Subsídio Soberano pelo Duque de Sussex”, disse o comunicado. “Esta contribuição originalmente oferecida pelo Príncipe Harry cobriu totalmente os custos de renovação necessários da Casa de Campo Frogmore, uma propriedade de Sua Majestade, e continuará sendo a residência do Duque e sua família no Reino Unido”.

Em abril de 2019, antes do nascimento de Archie, o casal se mudou para a casa de campo Frogmore. A ideia era de pagar a quantia parcelada, mas o duque e a duquesa de Sussex teriam proposto a quitação total para evitar o uso do dinheiro público, já que buscavam independência financeira após a saída da realeza.

As cobranças para a dívida ser paga não são de hoje, mas com o anúncio de parceria multimilionária com a Netflix na semana passada, as chamadas se intensificaram. Segundo uma fonte próxima ao casal, o contrato não interferiu no acordo financeiro.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade