Greta Thunberg quer voltar a ser “uma adolescente normal”

Em entrevista, jovem sueca afirmou que espera que um dia não precise mais ser ativista ambiental

Na última segunda-feira (30), em entrevista ao programa britânico Today, da BBC Radio 4, Greta Thunberg, de 16 anos, disse que vai gostar de voltar a ser uma “adolescente normal”. A jovem ativista ambiental tirou um ano para viajar (de barco, mais ecológico que o avião) pelo Atlântico para se encontrar com outros ativistas e líderes mundiais em diversas conferências nos Estados Unidos e na Europa.

Apesar de estar tendo umas férias bastante agitadas, inclusive com presidentes como Donald Trump e Jair Bolsonaro atacando-a constantemente nas redes sociais, Greta disse que não se abala, mas que está ansiosa para voltar à escola em agosto. “Eu espero que eu não tenha mais que ser uma ativista ambiental”, ela comentou, “eu só quero ser como todo mundo. Quero me educar e ser uma adolescente normal”.

+Confira o que está bombando nas redes sociais

A jovem ativista também afirmou que se encontrar com o presidente americano teria sido uma perda de tempo, porque ele não está aberto a ouvir. “Honestamente, eu não acho que eu teria dito nada [a Trump] porque ele obviamente não está ouvindo cientistas e especialistas, então por que ele escutaria a mim?”, comentou Greta sobre uma possibilidade de encontro entre os dois.

Greta Thunberg foi nomeada a Pessoa do Ano pela Time Magazine e disse que se tornar ativista a ajudou a se recuperar da depressão. A jovem sueca tem atraído a atenção do mundo inteiro desde que decidiu não ir às aulas, em 2018, para protestar contra as emissões de carbono em frente ao parlamento da Suécia.

Leia mais: Michele Obama dá conselho a Greta Thunberg

+Príncipe Harry elogia Greta Thunberg