Clique e assine com até 75% de desconto

Elza Soares faz apresentação poderosa no palco do Prêmio CLAUDIA

Cantora foi a atração musical da noite de celebração. MC Soffia, vencedora da categoria Revelação, apresentou um rap em homenagem à icônica artista

Por Clara Novais Atualizado em 3 out 2017, 17h22 - Publicado em 3 out 2017, 09h55

A noite da última segunda-feira (2) foi de fortes emoções para quem estava na celebração da 22ª edição do Prêmio CLAUDIA, realizada na Sala São Paulo, na capital paulista. Durante a revelação dos vencedores – incluindo a homenagem hors-concours surpresa à atriz Taís Araújo –, a cantora Elza Soares, 80 anos, fez uma apresentação emocionante.

Leia também: Veja como foi, em imagens, o 22º Prêmio CLAUDIA

“Essa mulher incrível nasceu na comunidade de Moça Bonita, lá no Rio [de Janeiro]. É filha de um operário e de uma lavadeira. Sua infância foi na rua, soltando pipa e enfrentando os meninos. Com 13 anos, ela foi obrigada pelo pai a parar de estudar e a se casar. Com 14, já era mãe”, disse o mestre de cerimônias, Eduardo Moscovis, 49 anos, antes de anunciá-la, logo após a entrega do prêmio da categoria Cultura para a escritora Conceição Evaristo.

E prosseguiu contando a história dessa grande mulher: “Como adorava cantar e precisava comprar remédio pro bebê, ela foi cantar a sorte em um programa de calouros apresentado por uma celebridade: Ary Barroso, o autor de Aquarela do Brasil. Ela ficou horas numa fila até chegar ao palco da Rádio Tupi. Quando chegou a sua vez,  o Ary zoou aquela menina magrinha e humilde e perguntou com ironia: ‘De que planeta você veio?’ “.

A resposta veio, em áudio, na voz inconfundível da própria Elza: “Do planeta fome, seu Ary”. Nesse momento, os convidados do Prêmio CLAUDIA tiveram certeza de quem se tratava e aplaudiram entusiasmados.  “Aí ela soltou o gogó e cantou. E o Ary se emocionou e disse: ‘Nós estamos assistindo ao nascimento de uma estrela’ “, prosseguiu o mestre de cerimônias enquanto a cantora entrava no palco.

Continua após a publicidade

“Hoje, depois de muitos sofrimentos, conquistas e aventuras, essa mulher linda, muito linda”, disse Eduardo pouco antes de interromper sua fala para dar um beijo na estrela e prosseguir. “Desculpa, não ia perder essa chance. Essa mulher é representante de outro planeta: o planeta força. Ela é uma estrela que trouxe o seu brilho para o palco da Sala São Paulo. Com vocês, a mulher do fim do mundo: Elza Soares!”

Elza agradeceu pelas palavras e, usando um vestido vermelho cheio de brilho, mostrou quanto é poderosa entoando a canção Mulher do Fim do Mundo. 

Elza Soares se apresenta no Prêmio claudia
Mariana Pekin/CLAUDIA
Elza Soares se apresenta no Prêmio claudia
Mariana Pekin/CLAUDIA

A premiação prosseguiu e, após o discurso comovente da jornalista Fernanda Honorato ao receber o prêmio de  Trabalho Social, MC Soffia, 13 anos, vencedora da categoria Revelação, mostrou seu talento como rapper enquanto Elza retornava ao palco. “Herança das guerreiras, trago responsa na rima, continuo o trabalho com muita disciplina. Recontando uma história que jamais foi esquecida. Sou criança, sou futuro, levanto o punho pra cima”, entoou a MC iniciando sua apresentação.

Mariana Pekin/CLAUDIA

“Sou menina preta e você vai me respeitar. No combate ao racismo, nós vamos lutar. Filha de Anastácia e Tereza de Benguela, Zumbi, Marting e de Mandela. Com força na voz eu vim representar. Vem comigo povo preto, vem, vamos lutar”, prosseguiu Soffia subindo ao palco.

“Sou negra sim, agora eu vou falar de uma mulher preta igual a mim. Aos 12 anos já cantava, vida simples levava, realidade do Brasil que até hoje se viu. Indo humilde a um programa, o apresentador se espantou: ‘De que planeta você veio?’. ‘Planeta fome’, ela falou. Hoje suas músicas inspiram mulheres e meninas. Levantando a autoestima. Você é a mulher que inspira pro meu futuro. Eis aqui Elza Soares, a mulher do fim do mundo”, encerrou a MC e se sentou aos pés de Elza para ouvi-la cantar a icônica música A Carne.

Mariana Pekin/CLAUDIA
Mariana Pekin/CLAUDIA
Mariana Pekin/CLAUDIA
Mariana Pekin/CLAUDIA
Mariana Pekin/CLAUDIA

Assista à cerimônia da 22ª edição do Prêmio CLAUDIA na íntegra:

Continua após a publicidade
Publicidade