Clique e assine com até 75% de desconto

Biografia revela possível razão pela qual Diana não foi feliz com Charles

Na biografia do príncipe Philip, que será lançada em breve, Ingrid Seward, especialista em família real, revela traumas da infância de Charles

Por Da Redação Atualizado em 22 set 2020, 11h31 - Publicado em 22 set 2020, 12h00

Que casamento da princesa Diana com o príncipe Charles foi marcado desencontros não é novidade. Mas detalhes do relacionamento foram revelados e mostram os possíveis motivos pela incompatibilidade entre os pais de William e Harry.

Na biografia do príncipe Philip, que será lançada em breve, Ingrid Seward, especialista em família real, divulgou que o problema entre os dois nasceu na criação de Charles. Segundo a autora, Lady Di achava que a única coisa que o marido “aprendeu sobre o amor foi apertar as mãos”, o que levou ele a congelar os sentimentos.

Ainda na publicação, traumas da infância de Charles serão compartilhados com o público. Segundo trechos já liberados, Ingrid afirmou que, para Diana, o príncipe Philip e a Rainha Elizabeth II nunca deram a Charles um amor real. Inclusive, o pai teria ido a apenas duas festas de aniversário do filho, já que estava sempre no mar como oficial da marinha.

Ingrid também apontou no livro que a família não esteve unida em todos os Natais. Durante um período de férias de Philip, os pais teriam deixado Charles e sua irmã, a princesa Anne, na Inglaterra, enquanto passavam o Natal em Malta.

Por fim, Ingrid conclui que, caso Charles tivesse vivido uma infância normal, se tornaria um adulto mais ciente das suas emoções e, consequentemente seria mais responsável com as dela. “Seus sentimentos pareciam ter sido sufocados no nascimento”, teria apontado Diana.

Continua após a publicidade
Publicidade