CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 12,90/MÊS

Olivia Rodrigo e Lily Allen protestam contra suprema corte dos EUA

Após decisão que revogou o direito do aborto legal no país, as cantoras dedicaram a canção “Fuck You” para a suprema corte

Por Kalel Adolfo 26 jun 2022, 14h53

Nesta sexta-feira (24), a suprema corte dos EUA chocou o mundo ao eliminar o direito constitucional das mulheres de realizarem o aborto legal. Agora, cada estado poderá ditar o que fazer em relação à gestação das mulheres. Em protesto ao retrocesso, as cantoras Olivia Rodrigo — de apenas 19 anos — e Lily Allen cantaram o hit “Fuck You” (Vai se f*der, em tradução literal) para os juízes responsáveis pela decisão. Confira o momento:

Antes de performar a canção lançada por Allen em 2008, Olivia afirmou estar devastada e aterrorizada com a situação: “Tantas meninas e mulheres vão morrer por causa disso. Eu quero dedicar essa próxima música para os cinco membros da Suprema Corte dos Estados Unidos que nos mostraram que, no final do dia, eles não se importam com a liberdade.”

Por fim, a intérprete de “Driver’s Licence” citou os nomes dos juízes Samuel Alito, Clarence Thomas, Neil Gorsuch, Brett Kavanaugh e Amy Coney Barrett, que foram favoráveis à alteração na legislação: “Nós te odiamos”, disparou.

Para se ter uma noção da gravidade da situação, até mesmo abortos em casos de estupro, incesto ou risco de vida para a mãe poderão ser proibidos no país, especialmente em estados conservadores.

Continua após a publicidade

Publicidade