Clique e assine Claudia a partir de R$ 5,90/mês

#Sextou com uma variedade de lives para animar o final de semana!

Além de programação cultural, tem também as apresentações de Pitty, Elba Ramalho, Carlinhos Brown e Rael, que cantará ao lado de Maria Rita e Diogo Nogueira

Por Gabriela Maraccini (colaboradora) - Atualizado em 21 set 2020, 10h17 - Publicado em 21 ago 2020, 16h30

Ah, mais uma sexta-feira está entre nós! Para relaxar, nada melhor do que se programar para assistir em casa as lives do final de semana, não é mesmo?

Entre os artistas que farão apresentações ao vivo pela internet, estão Elba Ramalho, Carlinhos Brown, Pitty e Rael, que se junta à Maria Rita e Diogo Nogueira em uma live bem especial nesta sexta-feira (21)!

Também selecionamos muita programação cultural com a 46ª edição do Sesc Melhores Filmes e a continuidade da 2ª Mostra de Cinema Egípcio Contemporâneo e da 9ª Mostra Ecofalante de Cinema. Além disso, teremos empoderamento negro com uma live da Escola ELAS, no Instagram.

Confira abaixo a seleção que CLAUDIA fez especialmente para você:

Lives musicais deste final de semana:

Sexta-feira (21):

  • Rappin’ Hood – 19h (YouTube)
  • Maria Rita, Diogo Nogueira e Rael – 19h30 (YouTube)
  • Isadora Pompoeo – 20h (YouTube)
  • Orquestra Ouro Preto – 20h30 (YouTube)
  • Aderbal Duarte – 20h30 (YouTube)
  • Alexandre Leão – 21h (YouTube)
  • Yasmin Santos – 22h (Aplicativo BeApp)
  • Teresa Cristina – 22h (Instagram)
  • Pitty – 22h (Twitch)
  • Dre Guazzelli – 23h (Aplicativo BeApp)

Sábado (22):

  • Carlinhos Brown (Live Kids) – 16h (YouTube)
  • Virada SP (Elza Soares, Paulo Miklos, Exaltasamba, Nando Reis e mais) – 16h (Site oficial)
  • Elba Ramalho – 16h30 (YouTube)
  • Calcinha Preta – 19h (YouTube)
  • Fernanda Abreu – 19h (YouTube)
  • Jota Quest – 20h (YouTube)
  • Fresno – 20h (YouTube)
  • Oxa – 22h (Aplicativo BeApp)

Domingo (23):

Ancestralidade e negritude com Kaká Rodrigues sábado (22), 10h

A Escola ELAS, que capacita mulheres para serem líderes no Brasil, está promovendo uma série de lives no Instagram. Neste sábado (22), o tema será ancestralidade e negritude, logo pela manhã, às 10h.

O conteúdo é ministrado por Kaká Rodrigues, formada em Tecnologia da Informação e Gestão de Negócios e pós-graduada em Mercado Financeiro e Gestão de Pessoas com Coaching. E o mais legal é que ela é ex-aluna do Programa ELAS! É uma inspiração e tanto.

View this post on Instagram

Essa semana teremos lives especiais com a @kaka.empodereser! ⠀ Arrasta para o lado para ver cada uma delas!! ⠀ ⠀ E aí, o que achou? ⠀ Marca suas amigas e vem com a gente! ⠀ #lives #wakanda #negritude #empoderamento #ancestralidade

A post shared by Escola ELAS (@escola_elas) on

46ª edição do Sesc Melhores Filmes –  sexta, sábado e domingo

A 46ª edição do Sesc Melhores Filmes tem sua edição 100% online devido a pandemia do novo coronavírus. O tradicional festival de cinema de São Paulo teve início na última quarta-feira (19), mas ainda tem programação para este final de semana, homenageando o cinema nacional e internacional! Confira o que vem de bom por aí:

View this post on Instagram

✨ PROGRAMAÇÃO DO 46º FESTIVAL SESC MELHORES FILMES! ✨ O Cinema #EmCasaComSesc a partir desta quinta-feira, dia 20, é o endereço certo para o 46º Festival Sesc Melhores Filmes! Teremos exibições de filmes especiais com sessão única em horário marcado com Bacurau, assim como filmes que ficarão disponíveis por 24 horas, 7 dias e um mês no streaming. Hoje, às 20h, o destaque é Greta, de Armando Praça, no Sesc Digital! O filme foi vencedor do festival na categoria do Prêmio da Crítica de Melhor Ator para Marco Nanini, e ficará disponível por 24 horas. Portanto, ele sai da plataforma às 20h de amanhã. Programe-se! Os outros longas que estarão disponíveis por apenas 24 horas serão: Elegia de um Crime, de Cristiano Burlan, sexta 21/8; Divino Amor, de Gabriel Mascaro, sábado 22/8; e Los Silencios, de Beatriz Seigner, domingo 23/8. Lembrando que esses filmes entram na plataforma às 20h e saem da plataforma às 20h do dia seguinte. De 20 a 26 de agosto vocês poderão conferir: Inferninho, de Guto Parente e Pedro Diógenes; Torre das Donzelas, de Susanna Lira; Chuva é Cantoria na Aldeia dos Mortos, de João Salaviza e Renée Nader Messora; e No Coração do Mundo, de Gabriel e Maurílio Martins. De 20 de agosto a 20 de setembro estarão disponíveis: Guerra Fria, de Pawel Pawlikowski; Rainha de Copas, de May el-Toukhy; Border, de Ali Abbasi; e Cine São Paulo, de Ricardo Martensen e Felipe Tomazelli. Bacurau, de Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles, foi o grande vencedor do festival na noite de ontem, com total de 8 prêmios conquistados, e será exibido no próximo domingo, dia 23/8, às 20h! Como é de tradição do festival, teremos disponíveis as ferramentas de inclusão e acessibilidade para todos os públicos em alguns dos filmes através do MovieReading App (@moviereadingbrasil). Acesse gratuitamente o link na nossa bio e aproveite! #sescsp #cinesesc #46festivalsescmelhoresfilmes #streaming #fvod #filme #cinema #cinemaemcasa #fiqueemcasa

Continua após a publicidade

A post shared by CineSesc (@cinesescsp) on

Sessão única:

  • Bacurau – domingo (23), 10h.

Disponíveis por 24h:

  • Elegia de um crime  sexta (21);
  • Divino amor  sábado (22);
  • Los Silencios  domingo (23).

Disponíveis até quarta-feira (26):

  • Inferninho;
  • Torre das Donzelas;
  • Chuva é cantoria na aldeia dos mortos;
  • No Coração do Mundo.

9ª Mostra Ecofalante de Cinema  sexta, sábado e domingo:

O evento audiovisual dedicado às temáticas socioambientais chega à sua 9ª edição de forma totalmente online e gratuita, reunindo 98 filmes de 24 países. Na semana passada, CLAUDIA mostrou o que estava programado para o festival, mas ainda tem muita coisa boa para este final de semana! Confira (arraste para o lado):

View this post on Instagram

Na segunda semana da 9ª Mostra Ecofalante, teremos dois debates e muitos filmes imperdíveis – confira a programação! Lembrando que o filme "Soldados da Borracha" fica diponível por apenas 24 horas, não perca! A programação completa do evento e os links para os filmes e debates em nosso site podem ser acessados através do folder interativo (link na bio). A Mostra também está nas plataformas @_videocamp e @spcineplayoficial.

A post shared by Mostra Ecofalante (@mostraecofalante) on

Todas as exibições e entrevistas poderão ser acessadas no site oficial e os debates serão transmitidos ao vivo no Facebook e no Youtube.

2ª Mostra de Cinema Egípcio Contemporâneo  sexta, sábado e domingo:

O Centro Cultural do Banco do Brasil (CCBB) está desde o final de julho produzindo a 2ª Mostra de Cinema Egípcio Contemporâneo, dessa vez de forma totalmente virtual, chegando ao seu último final de semana de exibição. Os ingressos são gratuitos e os filmes podem ser vistos no site da mostra.

Os 24 títulos foram selecionados pelo produtor e curador Amro Saad, egípcio naturalizado brasileiro. Trata-se de obras produzidas entre 2011 e 2019 que revelam a nova geração de cineastas egípcios em documentários e ficções de diversos gêneros, desde comédia até terror.

Sexta-feira (21):

  • 19h – O elefante azul 2, de Marwan Hamed: Um novo preso no hospital psiquiátrico vira a vida do Dr. Yehia de cabeça para baixo. Ele prenuncia que a morte de toda a sua família está a apenas três dias. Yehia então usa as pílulas de elefante azul na tentativa de controlar a situação e resolver os quebra-cabeças que ele enfrenta. O longa se tornou o filme egípcio com maior bilheteria na história do cinema egípcio.
  • 22h – A girafa, de Ahmed Magdy: Ahmed percorre a paisagem noturna do Cairo ansioso por conseguir dinheiro para pagar pelo aborto de uma jovem  um procedimento que deve ocorrer imediatamente. Ele se depara com um grupo intrigante de jovens, liderado por uma mulher que tem como objetivo resolver o enigma em torno de uma girafa que supostamente está escondida no zoológico do Cairo. À medida que uma cadeia absurda de eventos se desenrola, Ahmed se distrai de sua missão.

Sábado (22):

  • 17h – Mawlana, de Magdi Ahmed Ali: Uma jornada aparentemente tradicional de um jovem sheikh em uma mesquita governamental que deixa de liderar orações para se tornar uma celebridade da TV emitindo “fatwas” aceitos por milhões de pessoas. Ele conquista uma legião de fãs por sua coragem e pelas tentativas de se desviar do retórica religiosa usual em uma sociedade fortemente influenciada pelo fundamentalismo.
  • 20h – O elefante azul 2, de Marwan Hamed: sinopse acima.

Domingo (23):

  • 16h30  Encerramento: vídeo dos melhores momentos (disponível por 24h)
  • 17h  Fotocópia, de Tamer Ashry: Mahmoud, um velho aposentado, é proprietário de um centro de datilografia e fotocópia no Cairo que está lentamente se tornando irrelevante devido ao crescente uso de computadores. Ele leva uma vida rotineira que gira em torno de seus negócios, sua pensão sempre atrasada, seus vizinhos e clientes. Mahmoud começa a aprender sobre a extinção de dinossauros, e com isso desencadeia uma série de eventos que darão um novo significado a sua vida.
  • 20h – Mensagens do mar, de Daoud Abdel Sayed: Após a morte de sua mãe, Yehia decide voltar para Alexandria, o lugar onde ele cresceu e se apaixonou. Desiste do emprego de médico e começa a pescar. Ele aprende muito com as histórias de outras pessoas e descobre o significado da vida enquanto medita no mar.

O que falta para termos mais mulheres eleitas na política

Continua após a publicidade
Publicidade