Assine CLAUDIA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Tarô

Cris Paixão é publicitária com pós-graduação em marketing, e encontrou na terapia holística, principalmente no tarô, sua verdadeira paixão. Estudou com Adriana Kastrup e se especializou em tarô divinatório com tiragens que mostram a energia do momento atual e possibilidades futuras, através da mandala astrológica. Acompanhe seus conteúdos no Instagram (@cris.paixao_olhomagico).
Continua após publicidade

Tarô da semana: entre 20/11 e 26/11, a energia é de transformação

Conheça o significado da carta do Ceifador e suas influências

Por Cris Paixão
21 nov 2023, 10h23

Estamos nos dias finais da temporada transformadora Escorpiana e no início da Sagitariana. Período favorável para planejar o futuro. Não é à toa que a carta do Ceifador, também conhecida como A Morte, é a carta de Tarô regente da semana. Trata-se de uma das mais temidas do tarô por ser associada… sim, à morte literal. Mas, na verdade, é o arcano da transformação, términos e renovação. Não tem nada, ou pouco a ver com o fim da vida.

A carta da Morte pode ser muito espiritual. Pode estar lhe dizendo que é hora de evoluir para um nível mais elevado. Mudar de fase no “jogo da vida”. Para fazer isso, você precisará deixar para trás uma velha atitude ou forma de pensar ou agir.

A presença do Ceifador indica a necessidade de cortar aquilo que não serve mais, sejam situações, crenças limitantes ou padrões de comportamento prejudiciais. Pode ser um momento de finalização ou encerramento de algo na sua vida, o que, apesar de trazer um certo impacto ou desconforto inicial, afinal, não existe corte sem dor, abrirá as portas para um novo começo.

Também pode significar a morte de uma ideia, um plano ou período de sua vida, bem como despedidas e “desapegos”. Todas as experiências que têm a ver com finalizações e términos. Essa carta reflete a importância de encarar uma “morte” simbólica e a impermanência como um processo natural da vida.

Continua após a publicidade

Ela pode ser um lembrete para buscar a transformação pessoal e abraçar as oportunidades de crescimento que surgem das experiencias de perda ou ruptura.

Portanto, a energia desta semana com a carta do Ceifador é de deixar ir o passado, aceitar mudanças inevitáveis e estar aberto para se reinventar. É um momento de encarar o desconhecido de forma corajosa, confiando na renovação que virá como consequência. “Existe vida após a morte”. 

Essa carta não deve ser interpretada como um símbolo de fim de ciclos, mudanças profundas e renovação. Neste sentido, a morte é transformacional. Todas as folhas precisam cair no inverno e ficar estéreis antes que novas folhas cresçam na primavera. Eles devem “morrer” no inverno para “renascer” na primavera.

Continua após a publicidade

Mas este momento de transformação não precisa ser assustador. Ninguém vive para sempre e nada dura para sempre. O Ceifador pede que você olhe profundamente para dentro de si mesma e aceite a mudança para melhor. 

É um chamado para abandonar aspectos negativos, padrões destrutivos, comportamentos limitantes e situações estagnadas

Precisamos enfrentar a impermanência da existência e aceitar a inevitabilidade de certos encerramentos. Só assim, abrimos espaço para o novo entrar.

Continua após a publicidade

É hora de finalizar projetos, relacionamentos ou situações que não estão mais alinhados aos nossos caminhos evolutivos. 

A carta do Ceifador é a carta de número 13 que também pode ser reduzido à soma de seus dígitos: 1+3=4. O número 4 é o símbolo de estabilidade, estruturação e fundamentos sólidos.

Neste sentido, a carta do Ceifador é um convite a cortar, ceifar aquilo que está “morto” e reconstruir com bases mais firmes e alinhadas com nossa verdadeira essência. 

Continua após a publicidade

Em resumo, a numerologia do número 13 reforça a importância da transformação. Devemos estar abertas à oportunidade de crescimento e evolução que surgem através da superação de desafios.  

Perda ou mudança de emprego, término (libertador) de um relacionamento, desistir de trabalhos (desagradáveis) ou de hábitos arraigados, mudança para um novo lugar (melhor), são exemplos de situações que podem nos forçar a recomeçar.

Não temos opção senão seguir adiante e nos reinventar. Ainda que doloroso, muitas vezes, mudar é necessário. Portanto, adote um mindset positivo. 

Continua após a publicidade

“O segredo da mudança é não focar toda sua energia em lutar com o passado, mas em construir o novo” (Sócrates)

Boa semana e muita luz,

Cris Paixão.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Moda, beleza, autoconhecimento, mais de 11 mil receitas testadas e aprovadas, previsões diárias, semanais e mensais de astrologia!

Receba mensalmente Claudia impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições
digitais e acervos nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 12,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.