Assine CLAUDIA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Kika Gama Lobo Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO

Por Atitude 50
Focada na maturidade como plataforma pessoal, a jornalista Kika Gama Lobo escreve sobre as sensações e barreiras que as mulheres de 50 anos vivenciam
Continua após publicidade

Sessentões narcisistas

Esses homens 60+ se acostumaram a predar e seguem fazendo vítimas por aí

Por Kika Gama Lobo Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
20 dez 2023, 09h44

O assunto hoje é pique-esconde. O cara chega suave. Te coloca no pedestal. Fofo, disponível, cheiroso, charmoso, pegador… normalmente de meia idade, nem tão bonito, nem tão medonho, mas com atributos ideais para tornar o coração da mulher madura quentinho.

Ele costuma atacar mulheres bem sucedidas, mas em frangalhos emocionalmente. Quem construiu uma carreira sólida, deixou pelo caminho várias emoções e, engasgada com elas, acena feito um poodle carente para qualquer oferta. 

Ele está sempre disponível. Começa sendo um salvador, mas a patologia não tarda a aparecer. Escroto, mau, vingador, ele destila toda a sua sordidez a conta gotas. A cada afago um tapa. Nunca físico. O dano é emocional. Patrimonial. Social.

Te chama de louca, gorda, fraquinha, doente, solitária… pega teu ponto mais vulnerável e amassa feito barata na sola do sapato. Quando a mulher está desfalecida em sua autoestima ele retorna como a cura. E na intensidade máxima. Muitas vezes, nem verbaliza suas desculpas, como se nunca tivessem ocorrido os danos. Jantar, flor, transa, viagem, joia…ele usa seus trunfos para voltar por cima da carne seca.

Mas não tarda a atacar. E nessas datas festivas – fim de ano, aniversário, dia dos namorados, ele vem com tudo. Some. Dá um perdido. Não liga. Não dá as caras e te vira as costas sem dó. A mulher madura leva muitas vezes para o pessoal e fica pensando que fez algo errado, a ponto de reler todas as mensagens de zap pra ver onde bobeou.

Continua após a publicidade

Ele também coleciona contatinhos. Tem um varal de balzacas para investir. E ainda mantém um comportamento sórdido. Muitos tem grupos de conversa com amigos que traem. Traem por prazer, por hábito, por afirmação, por nada. Se acostumaram a ter filiais. E, mais velhos, na andropausa, viciados em Viagra, injeções ou próteses penianas, precisam acasalar para existir.

E você só é mais uma. A disponível da vez. Mas amiga, o errado é ele. Se eu puder te dar um conselho pra 2024? Só aceite homem analisado. Se ele for de gêmeos ou de escorpião, pense duas vezes (brincadeirinha).

Pra você sugiro que faça meditação, entre no Tinder apenas para se divertir e pratique exercícios. Não podemos normalizar essa patologia do narcisista maduro. Esses homens 60+ se acostumaram a predar e seguem fazendo vítimas por aí. Não seja uma delas. Feliz ano Novo.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

O mundo está mudando. O tempo todo.
Acompanhe por CLAUDIA e tenha acesso digital a todos os títulos Abril.

Acompanhe por CLAUDIA.

Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Moda, beleza, autoconhecimento, mais de 11 mil receitas testadas e aprovadas, previsões diárias, semanais e mensais de astrologia!

Receba mensalmente Claudia impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições
digitais e acervos nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 12,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.