Assine CLAUDIA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Ana Claudia Paixão

A jornalista Ana Claudia Paixão (@anaclaudia.paixao21) fala de filmes, séries e histórias de Hollywood
Continua após publicidade

O “feitiço” de uma canção colaborou para o fenômeno de Abracadabra

O clássico I Put A Spell On You fez o filme da Disney virar cult

Por Ana Claudia Paixão
30 out 2022, 13h12

Com o feriado do Dia dos Mortos e a festa de Halloween, fiquei aqui pensando em mil histórias e fatos sobre personagens e histórias de bruxas para manter a coluna no clima, mas acabei elegendo o que poderia ser leve e curioso, voltando para um grande favorito de muitas gerações: “Abracadabra” ou, no original, “Hocus Pocus”, da Disney. A continuação, com elenco original, chegou à plataforma há um mês em tempo de liderar os views. E CLARO, reúne música, magia e diversão, na incrível voz da divina Bette Midler.

O filme de 1993 foi lançado com olho nas bilheterias do cinema, mas falhou. No entanto, em vídeo (ainda não existia streaming), arrebentou. O segredo da mágica é incerto, mas o feitiço “pegou”. A história das irmãs Sanderson, um trio de bruxas (Bette Midler, Sarah Jessica Parker e Kathy Najimy), um tanto atrapalhadas (e cruéis) que são inadvertidamente ressuscitadas por um adolescente virgem na noite de Halloween virou uma referência no Dia das Bruxas.

O elenco original do filme teria a comediante Cloris Leachman no papel principal, mas ela desistiu do projeto e foi substituída na última hora por Bette Midler. Melhor, né? Aliás, já que estamos de falando de “como seria”, saiba também que Leonardo DiCaprio quase fez o adolescente que as trouxe de volta à vida. Já imaginou?

Voltando ao filme, o status de cult ganhou fôlego com a cena da festa de Halloween, onde as bruxas circulam sem serem identificadas. Em determinado momento são chamadas ao palco e cantam “I Put A Spell On You”(Eu jogo um Feitiço em Você) que era uma ação literal, mas que as pessoas não pescaram, sendo hipnotizadas. A cena é maravilhosa graças à incrível interpretação de Bette, que passou a cantar o clássico em seus shows (tive o privilégio de ver um, mas é outra história!)

Continua após a publicidade

É difícil escolher qual é a melhor versão de “I Put I Spell On You”, um clássico americano gravado também por Nina Simone (que gostava tanto da canção que ela virou o título de sua biografia), Bryan Ferry e Annie Lennox, entre outros. Em 2020, foi essa a canção que Billy Porter apareceu cantando em “Gossip Girl”, dando show, claro.

Mas, embora seja um hit clássico de Halloween, a música nasceu de um coração partido. Isso mesmo, escrita em 1955, por Screamin’ Jay Hawkins, a balada nasceu como um lamento de uma pessoa querendo a volta de um amor que o deixou. Descontente com o resultado da primeira versão, autor revisou sua o original e alterou o tempo, transformando a releitura em um hino assombroso quase como se estivesse rogando uma praga.

Nessa nova visão, ele não “deseja” a volta de seu ex-amor, mas a enfeitiça para voltar mesmo contra sua vontade. Se isso já não fosse arrepiante o suficiente, aos poucos o artista incorporou uma interpretação teatral assustadora para a canção. Podem buscar no Youtube e verão como ele saía de um caixão em fogo, segurando uma caveira e um cajado que chamava de “Henry”. Os grunhidos e gemidos no fundo da gravação também contribuíram para um certo “medo” de “I Put I Spell On You”.

Continua após a publicidade

Pois bem, ciente de que a parte musical guarda o segredo do sucesso do primeiro filme, na continuação de 29 anos depois, “Abracadabra 2” faz auto referências e atualiza alguns temas, como a sororidade que une tanto as bruxas originais como as atuais, mas obviamente coloca as bruxas de novo sob os holofotes. E elas não se repetem, têm um repertório interessante.

Dessa vez as irmãs Sanderson brilham com o sucesso dos anos 1980s da banda Blondie: “One Way or Another” (De um Jeito ou de Outro), outra canção de submissão. Nesse caso, a vocalista Debbie Harry estava cantando sobre um stalker que a ameaçava (“De um jeito, ou de outro, vou te pegar”, ela canta, prestou atenção? Não se deixe enganar pela melodia alegrinha!). Tanto a letra como a melodia ficam perfeitas para as bruxas voltarem a enfeitiçar as pessoas de Salem.

Tenho que confessar que achei a cena de “Abracadabra 2” ótima, mas ainda considero a original insuperável. No fim de semana de Halloween, uma maratona dos dois filmes é boa pedida! Uma magia, que, de uma maneira ou de outra, nos pega, não é?

Continua após a publicidade
Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Moda, beleza, autoconhecimento, mais de 11 mil receitas testadas e aprovadas, previsões diárias, semanais e mensais de astrologia!

Receba mensalmente Claudia impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições
digitais e acervos nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 12,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.