Assine CLAUDIA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Hit do outono: 11 peças em tom terracota

A cor se une ao cobre para encher o espírito de aconchego e colocar a casa no clima da estação

Por Liège Copstein
Atualizado em 20 Maio 2022, 11h21 - Publicado em 19 jun 2018, 14h45
A cor se une ao cobre para encher o espírito de aconchego e colocar a casa no clima da estação
No projeto do estúdio Gamfratesi, pendentes metálicos Multi-Lite (749 euros, cada um), clássico setentinha de Louis Weisdorf, e cadeiras Beetle (899 euros, cada uma), com estrutura de aço e revestimento de veludo. Tudo da Gubi. (Divulgação/Revista CASA CLAUDIA)

Quando o outono começa e as temperaturas caem, aninhar-se em casa parece uma ideia mais convidativa. Nessa temporada, os cenários de aconchego trendy trazem cores terrosas combinadas ao brilho quente do cobre.

A cor se une ao cobre para encher o espírito de aconchego e colocar a casa no clima da estação
Mesa Pastille (1,7 mil dólares), de carvalho e metal com acabamento de cobre, e cadeira Tondo (1,6 mil dólares), com estrutura interna de faia maciça e pés de metal com tom de cobre. Ambas da Fogia. (Divulgação/Revista CASA CLAUDIA)

“Tons cerâmicos e suas texturas nos conectam ao artesanato e aos elementos da terra. São tonalidades antigas e essenciais”, ensina a expert em tendências Maria Kowalski, do portal WGSN no Brasil. Essas cores falam de um passado em que a vida era mais simples, e a natureza, mais próxima. Por isso, atraem tantos entusiastas. “Elas também funcionam em espaços contemporâneos e passam por novas leituras sob o olhar dos designers”, diz.

Continua após a publicidade
A cor se une ao cobre para encher o espírito de aconchego e colocar a casa no clima da estação
No décor de Claude Cartier em Lyon, tapete Rotazione B (5 640 euros na 1stdibs), de Patricia Urquiola, e luminária de piso Captain Flint (860 euros na Miliashop), de Michael Anastassiades. ()

É aí que entra a parceria com o cobre, outra matéria-prima primitiva resgatada recentemente. “Materiais como a terracota e o cobre favorecem a conexão afetiva com os objetos, pois evocam o romantismo dos processos artesanais de produção”, afirma o designer Guilherme Wentz. Uma dupla capaz de despertar a vontade de ficar em casa, esquentar o chá, afofar as almofadas e recarregar as baterias.

Confira:

Continua após a publicidade

Siga CASA CLAUDIA no Instagram

(Divulgação/CASA CLAUDIA)
Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

O mundo está mudando. O tempo todo.
Acompanhe por CLAUDIA e tenha acesso digital a todos os títulos Abril.

Acompanhe por CLAUDIA.

Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Moda, beleza, autoconhecimento, mais de 11 mil receitas testadas e aprovadas, previsões diárias, semanais e mensais de astrologia!

Receba mensalmente Claudia impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições
digitais e acervos nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 12,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.