CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 14,90/MÊS

Transformação: Rodrigo Cintra ajuda três leitoras a mudarem o visual

Com diferentes motivações, participantes conectam imagem interior com exterior

Por Naiara Taborda 7 mar 2022, 08h31

Qual o real significado de beleza? Pergunte a 100 mulheres, e você provavelmente ouvirá 100 respostas diferentes. Mas uma coisa é fato: quando cuidamos de nós mesmas, experimentamos um aumento da autoestima e bem-estar que logo se reflete em nossas emoções. Seja qual for o movimento que influencie a mudança estética – se de dentro para fora, ou de fora para dentro – quando interior e exterior se unem, o casamento é sempre perfeito! Para celebrar belezas únicas e o poder que existe nelas, CLAUDIA convidou três leitoras para uma transformação completa pelas mãos do hairstylist, visagista e apresentador Rodrigo Cintra, em uma tarde deliciosa em seu salão, o The Art Salon, em São Paulo. Conheça cada uma e veja os detalhes do antes e depois.

antes e depois Brunielly Lemos
O antes e depois de Brunielly. Nathalie Paiva/CLAUDIA

Brunielly Lemos

Para Brunielly (29 anos), a beleza é muito mais do que aparência: ela é oportunidade e inclusão. “Quando me assumi como mulher trans, fui automaticamente para a margem da sociedade, como qualquer outra trans no Brasil. Enfrentamos muitas dificuldades para ter acesso ao mercado de trabalho, e 90% acabam sobrevivendo da prostituição por esse motivo. Eu comecei a trabalhar com beleza quando tive a oportunidade de empreender para uma marca de cosméticos, e hoje tenho uma equipe com mais de 250 revendedoras. A beleza me trouxe de volta para dentro dessa sociedade, me tirou da marginalidade”, recorda a empreendedora, que é Embaixadora trans da Avon, empresária e presidente da Associação Transbordamos.

Brunielly costas
Loiro de Brunielly ganhou mais naturalidade e corte ajudou a criar movimento. Nathalie Paiva/CLAUDIA

Para sua transformação, Rodrigo Cintra optou por manter o loiro – cor que já era marca registrada do estilo de Brunielly – mas com um toque mais natural e moderno. “Ela estava com um excesso de clareamento nas pontas e uma sobrecarga de cor, além de uma raiz bem curta. Puxamos alguns fios na frente para criar um contorno na face e criamos o efeito de contraste fazendo luzes invertidas. Isso reduziu a intensidade e deu naturalidade. No corte, seguimos com um médio alongado todo em camadas na frente para estimular o volume e o balanço”, conta.

O resultado? Emoção e a sensação de ter sua beleza interior refletida no exterior. “Eu vou ser muito sincera, essa foi a primeira vez que eu tive um dia de beleza. Estar dentro desse espaço com o Rodrigo foi um choque de empoderamento e a realização de um sonho. Ele é um grande visagista, então eu confiei muito e o resultado foi incrível. Não vou chorar para não borrar a maquiagem (risos).”

Créditos

Corte e cor: Rodrigo Cintra e Lucas Dias
Maquiagem: Will Lopes

O antes e depois de Jessica
O antes e depois de Jéssica. Nathalie Paiva/CLAUDIA

Jéssica Bequer Magalhães

Para a advogada Jéssica (28 anos), a vontade de encarar um novo estilo partiu de uma mudança radical em sua vida pessoal. “Eu morava no interior de Santa Catarina com meus pais, e me mudei para São Paulo no final do ano. Eu tinha o cabelo muito longo, mas fui mudando a personalidade, o lugar e decidi que era hora de mudar também a aparência. Comecei com um corte mais curto do que de costume, mas ainda estava com vontade de transformar mais e ver essa mudança interior refletida também no físico. Queria mais estilo na minha imagem, ficar parecendo que, como diz meu amigo, estou em ‘2030’. O lugar foi ficando pequeno para mim, e resolvi sair do ninho”, brinca.

Continua após a publicidade

Nas mãos de Cintra, o cabelão mantido por toda uma vida deu lugar a um curtíssimo cheio de movimento e sensualidade. “A Jéssica passou uma coloração muito escura que estava bem impregnada, então não consegui iluminar. A melhor opção era manter um castanho escuro, que é mais natural que o preto, e inovar com um corte na altura do pescoço – todo desfiado nas pontas para tirar o volume, que ela tem bastante, e levemente projetado na frente. Se você está com uma cor escura demais, o melhor a fazer é ter paciência e ir deixando desbotar, para só então fazer a mudança. Colorir gera desgaste, e vale mais um escuro saudável do que um claro danificado”, explica.

Depois da tarde no salão, o sentimento foi de leveza e de finalmente encontrar uma aparência em harmonia com seu momento atual. “Foi uma tarde maravilhosa e eu já me sinto muito mais leve, jovem e moderna. O clima todo foi muito gostoso e estou adorando o novo visual, que reflete muito o que estou vivendo. Eu já tinha imaginado um curto assim, mas achei que não era possível por ter muito cabelo. A hora que eu vi isso se transformando em realidade eu percebi que daria certo.”

Créditos

Corte e correção de cor: Rodrigo Cintra e Barbara Rabelo
Maquiagem: Virginia Gregório

antes e depois Adriana
O antes e depois de Adriana. Nathalie Paiva e Naiara Taborda/CLAUDIA

Adriana Takahashi

Durante a pandemia, a auxiliar financeira e motorista de aplicativo Adriana (44 anos) passou por uma mudança de hábitos que teve grande impacto em sua aparência – e só faltava mesmo o cabelo ideal para acompanhar. “No último semestre eu emagreci 13 quilos, e junto com isso veio a vontade de mudar o restante. Por conta do isolamento social, meu cabelo estava longo e sem forma. Tem que ter um corte legal e uma cor bacana, e eu estava buscando isso – uma maneira de casar o exterior com quem eu sou por dentro”, revela.

antes e depois Adriana costas
Adriana ganhou iluminações acobreadas e um corte médio com franjão lateral. Nathalie Paiva/CLAUDIA

O caminho adotado pelo especialista foi fazer a inversão da cor, uma forma de harmonizar melhor o ruivo com o tom de pele de Adriana. “Ela estava com um cabelo claro na raiz e escuro embaixo, então optamos por trazer um fundo mais natural e depois iluminar com um dourado levemente acobreado que combinou muito bem. No corte, a opção foi um médio com uma leve projeção na frente para afinar o rosto, com um franjão lateral. É um cabelo versátil, porque ela comentou que faz exercícios e precisa prender em rabo de cavalo. Com esse comprimento ela tem essa facilidade.” E você, também está pronta para mudar?

Créditos

Corte e coloração: Rodrigo Cintra e Marcos Cintra
Maquiagem: Odete Xavier

Continua após a publicidade

Publicidade