Assine CLAUDIA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Pêlos em queda livre

5 dicas ajudam a evitar que seu cão ou gato deixe a casa (e suas roupas) cheias de fios

Por Redação M de Mulher
Atualizado em 21 jan 2020, 11h06 - Publicado em 7 nov 2008, 21h00
Pêlos em queda livre

Lavar seu bicho elimina os pêlos mortos
Foto: Dreamstime

Quando faz um cafuné no seu cão, sua mão fica cheia de pêlos? Você nem arrisca usar roupa escura por ter gatos? Varre tantos tufos que poderia fazer um bicho de pelúcia com eles? Então, você deve até se perguntar como seus bichos continuam fofinhos se vivem perdendo pêlo.

Um animal saudável tem essa perda duas vezes por ano: na primavera, quando surgem pêlos curtos e finos, e no outono, quando a pelagem fica comprida e grossa, para que o animal suporte o frio. Também é natural que o pêlo caia quando seu bicho fica velhinho.

A queda se torna preocupante quando é resultado de alguma doença. “Pode acontecer por problemas hormonais, alergia, sarna e até por ração errada”, alerta o veterinário Marcelo Hernandes, do blog Cidadão Vet.

Escove seu bichinho
Ele vai adorar. Primeiro, escove contra os fios, para tirar os pêlos mortos; depois, no sentido normal, para dar brilho. Isso não diminui a queda, mas tira de vez os pêlos já soltos. Aproveite a hora da novela para essa boa ação.

Continua após a publicidade

Compre uma boa ração
Nada de dar sobras ou aquele pedacinho de frango que ele ficou “secando” no almoço. Compre uma ração de qualidade. Se seu animal de estimação tiver alergia, tenha ainda mais cuidado. Já existem no mercado algumas marcas de ração especial para bichos alérgicos ou para melhorar a pelagem.

Visite o veterinário
Se você perceber que manchinhas vermelhas, coceiras excessivas, pulgas e carrapatos estão tirando a paz do seu bicho, é hora de levá-lo ao veterinário. Ele pode até não gostar — e quem gosta de ir ao médico, né? —, mas é bom cuidar logo para que o problema não se agrave.

Ponha azeite na comida
Colocar na ração uma colher desse óleo deixa o pêlo mais brilhante. “Ele tem vitaminas e complexos minerais que ajudam a conservar a pelagem”, ensina Marcelo Hernandes. Mas antes de azeitar a tigela do seu cão ou gato, fale com um veterinário.

Dê um banho nele
Prepare-se para enfrentar fugas e choramingos, e dê um banho no seu bichinho. Cães devem ir para o chuveiro a cada 15 dias. Já os bichanos podem ficar mais tempo sem ducha porque, além de detestar água, eles são especialistas em banho de língua.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

O mundo está mudando. O tempo todo.
Acompanhe por CLAUDIA e tenha acesso digital a todos os títulos Abril.

Acompanhe por CLAUDIA.

Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Moda, beleza, autoconhecimento, mais de 11 mil receitas testadas e aprovadas, previsões diárias, semanais e mensais de astrologia!

Receba mensalmente Claudia impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições
digitais e acervos nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 12,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.