Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Ensaio “Ciclos do Feminino” registra as 7 fases da vida de uma mulher

Há muito mais coisas na nossa trajetória do que entre o céu e a Terra: é o que assegura o delicado projeto fotográfico idealizado pelas lentes da fotógrafa brasiliense Grazi Ventura

Por Débora Stevaux (colaboradora) Atualizado em 28 out 2016, 01h34 - Publicado em 31 jul 2016, 07h00

Há muito mais coisas na trajetória de uma mulher do que há entre o céu e a Terra. A adaptação do bordão pode parecer exagero, mas não é: o que assegura é o delicado projeto fotográfico Ciclos do Feminino, que surgiu no início deste ano pelas lentes da fotógrafa brasiliense, catarinense de coração, Grazi Ventura, de 38 anos. 

Grazi Ventura
Grazi Ventura

Leia também: Série fotográfica mostra como é diferente a vida de pessoas que moram em apartamentos idênticos. 

Grazi foi diretora de atendimento em uma das mais conceituadas agências publicitárias do país, a DM9DDB. Também é formada em fotografia pela Universidade Concórdia, no Canadá – curso feito durante os cinco anos que passou no país – numa tentativa bem-sucedida de buscar uma profissão que a fizesse se sentir mais plena e feliz com seu ofício

Grazi Ventura
Grazi Ventura

Nesse período, passou a retratar mulheres, ao lado de sua amiga e também fotógrafa Betina Abrão, numa iniciativa idealizada pelas duas intitulado Flora Photography. Casou-se, deu à luz a uma filha e passou a buscar qual enquadramento do ramo fotográfico a representaria mais.

Grazi Ventura
Grazi Ventura

Leia mais: Fotógrafa combate depressão tirando fotos incríveis de gatos​. 

Foi em uma palestra do especialista em fotografia de casamento, Renato D`Paula, ministrada na 3ª edição da Feira Fotografar, em São Paulo, que o insight surgiu: é a intensidade da crueza e da naturalidade na fotografia documental que a provoca mais

Grazi Ventura
Grazi Ventura

Veja também: Série fotográfica estonteante retrata infância sem TV e Internet.

“Impressionei-me com o poder da linguagem das imagens de contarem uma história, o que foi uma paixão adormecida em mim por muitos anos“, conta Grazi: “Registrar as diversas realidades intrínsecas ao nosso universo é uma experiência instigante e encantadora – as vivências de uma mulher, os vários períodos da sua vida, as dores e as do seu ser.”

Grazi Ventura
Grazi Ventura

Continua após a publicidade

Leia mais: Fotógrafo iraniano retrata meninas menores de idade condenadas à morte.

A escolha do número de ciclos não foi ao acaso: “Há sete anos, duas coisas mudaram a minha vida como mulher para sempre: tornei-me mãe e fotógrafa. Ambas as transformações foram o pontapé inicial para uma jornada de auto-conhecimento em direção ao meu centro, buscando valores e características muito intensas e femininas dentro de mim“, explica. 

Grazi Ventura
Grazi Ventura

Veja também: Em ensaio emocionante, fotógrafo transforma crianças com câncer em criaturas fantásticas​. 

Fragmentado em 7 partes, o projeto retrata os ciclos que subdividem a nossa trajetória: Infância, representada pelos cliques de sua pequena Isabela de 7 anos; Adolescência, protagonizada por Beatriz, de 16 anos, filha de sua coach Mariana Kogwell; Fase Adulta, com fotos de sua irmã Giulia de 28 anos; Gestação, retratada pelo cesárea de Barbara, que deu vida a Luis Augusto; Maternidade, com as fotos de Daniella Finotti e sua família de 7 filhos com idades entre 3 e 17 anos; Maturidade, representada por uma CEO de uma grande empresa e, por fim, Terceira Idade, que será realizada com fotos de sua mãe, Rita de Cássia Ventura, avó de três pequenos e chef de cozinha especializada em culinária infantil. 

Grazi Ventura
Grazi Ventura

Leia mais: Ensaio mostra a reação das paquistanesas sobre lei que incentiva a violência doméstica​. 

Em um mundo em que a maioria dos registros fotográficos são enaltecidos pelo seu grau de artificialidade e produção, acompanhar durante um dia inteiro o cotidiano de uma mulher que possui a árdua tarefa de cuidar de 7 filhos e registrá-lo, sem glamurização ou mistificação, é um ato de coragem.

Grazi Ventura
Grazi Ventura

Veja também: Fotógrafo retrata vida das mulheres durante e após a guerra.

“A fotografia documental é uma oportunidade de materializar uma história, por isso há a necessidade de um cuidado e respeito extremo no meu trabalho; quando olho para elas, também estou olhando para mim, lembrando do bife à milanesa da minha avó, das histórias que meu pai me contava ao me ninar”, arremata Grazi. 

Grazi Ventura
Grazi Ventura

As fotos que ilustram a matéria fazem parte do Ciclo Maternidade e registram a rotina de Daniella Finotti, mãe de 7 filhos. 

.
.

Continua após a publicidade
Publicidade