CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 12,90/MÊS

Uma em cada três mulheres apresenta os sintomas da anemia

O mal que rouba a nossa energia é mais comum do que se imagina. Mas bastam pequenas mudanças na dieta para prevenir a falta de ferro no organismo

Por Redação M de Mulher Atualizado em 16 jan 2020, 09h58 - Publicado em 26 set 2012, 21h00

A vitamina C do suco de laranja é uma ótima fonte de energia para o organismo
Foto: Getty Images

Não, anemia não é coisa de criança! Uma em cada três mulheres no mundo apresentam os sintomas e 95% delas têm o tipo ferropriva, causado pela deficiência de ferro no corpo, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS). Como ela pode ocorrer? As mulheres em idade fértil acabam perdendo uma grande quantidade de sangue durante a menstruação e no pós-parto. Na gestação, precisam de doses extras do nutriente para ajudar no desenvolvimento da criança. Nesses casos, quando não há a reposição de ferro, surgem os sintomas da anemia: palidez, sonolência, fraqueza, dores musculares e de cabeça.

Em casos extremos podem ocorrer até desmaios e convulsões. “A diminuição na quantidade de hemoglobina e dos glóbulos vermelhos no sangue prejudica o transporte de oxigênio no organismo”, explica o hematologista José Francisco Comenalli Marques Jr., da Unicamp (SP). A melhor forma de detectá-la é através de um exame de sangue. O nosso organismo não produz ferro, mas consegue absorvê-lo por meio da alimentação. Veja o que fazer para aumentar o seu estoque.

Força nos vegetais

O ferro presente nos alimentos de origem vegetal é assimilado por nosso corpo quando combinado com vitamina C – na mesma refeição. Então, consuma os itens verde-escuros (como rúcula, agrião e brócolis) e grãos (feijão, lentilha, ervilha) com suco de laranja ou de acerola. Você também pode incluir manga ou suco de limão na salada verde.

Continua após a publicidade

Atenção!
Mesmo quem tem anemia por falta de ferro não deve exagerar no consumo do mineral, pois o excesso também pode causar anemia. Siga uma dieta balanceada e, se os sintomas permanecerem, consulte um médico.

Inimigos do ferro
Chá preto e café (ricos em tanino), cereais, nozes e sementes cruas (fontes de fitatos) e leite, iogurte e queijos (cálcio) diminuem e até impedem a absorção do ferro de origem vegetal. Comer creme de espinafre ou tomar cafezinho após a refeição, nem pensar!

Carne vermelha, sim!
A melhor fonte de ferro é, definitivamente, a carne vermelha, pois contém a proteína que o corpo humano absorve melhor. O fígado também é outra excelente fonte, porém é preciso ter cuidado com a quantidade consumida, por causa do excesso de gordura.
 
Força extra
As vegetarianas devem redobrar a atenção com a quantidade do mineral ingerida nas refeições, já que não comem carne vermelha. A nutricionista Patricia Vaz (RJ) ensina uma receita enriquecida:

COUVE SALTEADA COM GERGELIM
Rendimento: 4 porções
Calorias por porção: 90
Ingredientes
· 1 colher (sopa) de azeite
· 1 colher (chá) de alho picado
· 4 xícaras (chá) de couve manteiga picada em tiras finas
· 1/2 colher (chá) de sal
· 1 colher (sopa) de gergelim integral

Preparo
Primeiro coloque em uma panela o azeite com o alho picado e deixe refogar por aproximadamente 1 minuto. Em seguida, acrescente a couve e o sal e refogue por mais 2 minutos, misturando sempre. Sirva com o gergelim integral, salpicando-o sobre o prato.

*Vale lembrar que o ideal é saborear esta receita com um copo de suco à base de vitamina C.

Continua após a publicidade

Publicidade