Descubra quais alimentos podem ser prejudiciais ao sono

Café, açúcares e principalmente o fast-food devem ser evitados a todo custo!

A má alimentação traz muitos problemas, como colesterol alto, oscilação da pressão corporal e falta de vitaminas, além de contribuir para o aparecimento de sérias doenças, como anemia e diabetes. Além desses problemas, a má alimentação proporciona noites de sono mal dormidas e até mesmo insônia. O resultado é o cansaço, o mau-humor, as olheiras e a indisposição para seguir a rotina do cotidiano.

Para evitar esses problemas, aposte em uma dieta saudável e leve antes de dormir. Isso pode ser garantido evitando uma série de alimentos. Descubra quais:

Fast-food

É difícil dispensar o tão amado hambúrguer, mas comê-lo poucas horas antes de dormir não faz bem para o estômago. Em um só lanche, há excesso de gorduras saturada e trans e calorias. Ingerir o combo (lanche, batata frita e refrigerante) antes de dormir exigirá demais do seu intestino, que deveria estar desacelerando, e não trabalhando o dobro.

Carnes gordas

Carnes pesadas como a picanha exigem grande trabalho do intestino para serem digeridas. Durante a noite, o hábito de comê-las pode confundir o relógio biológico – aquele que é responsável por definir os horários do sono. O motivo é que um dos responsáveis por organizar esse relógio é o nível de energia que as células recebem durante a alimentação. Se isso ocorrer durante a noite o cérebro interpretará que ainda não é a hora de descansar, fazendo com que seu corpo trabalhe mais, causando a tão temida insônia.

Sorvete e bolachas recheadas

Esses doces já não são considerados saudáveis por conter um grande teor de gordura trans. Um alimento cheio de sódio ou de gorduras pode provocar insônia. Claro que o excesso desses doces deve ser evitado tanto de noite quanto durante o dia, afinal não são nem um pouco saudáveis.

Café

A cafeína é uma grande responsável por manter o cérebro acordado. Se você é sensível a café, não precisa cortar da sua dieta, mas evite beber antes de dormir. Isso vale para qualquer bebida que contenha a substância.

Álcool

O álcool até pode causar um efeito relaxante de imediato, porém é aí que você se engana: a substância demora para ser metabolizada no organismo e prejudica a fase REM do sono – aquela em que sonhamos, o famoso “sono pesado”. Quando essa fase é prejudicada, é possível que ao acordar, você sinta como se não tivesse descansado o suficiente. 

Doces no geral e açúcar

Assim como a cafeína, o açúcar no sangue estimula a energia e te deixa acordada. Se você ingerir muito açúcar durante o dia, as chances de acordar durante a noite são grandes.

Mais lidas: Menina de 12 anos era estuprada por 22 homens

Já votou no Prêmio CLAUDIA? Escolha mulheres que se destacaram