Assine CLAUDIA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Morre Alice Munro, Nobel de Literatura e mestra do conto, aos 92 anos

Escritora canadense, conhecida mergulhar nas relações humanas para escrever suas obras, deixa legado no universo da literatura

Por Lorraine Moreira
Atualizado em 14 Maio 2024, 15h09 - Publicado em 14 Maio 2024, 15h02

Alice Munro, escritora que venceu o prêmio Nobel de literatura, morreu aos 92 anos. A notícia foi confirmada nesta terça-feira (14) por seus agentes literários, mas a causa do falecimento não foi divulgada.

Alice foi a primeira mulher do Canadá a receber o Nobel da Literatura, em 2013. Para o comitê, ela é considerada “mestre da narrativa breve contemporânea” e “aclamada por sua narrativa afinada, que é caracterizada pela clareza e pelo realismo psicológico”.

Também foi premiada pelo Booker Internacional e, graças ao livro O Amor de uma Boa Mulher, lançado em 1998, ganhou o National Book Critics Circle Award. A obra reúne contos e é feita no estilo cinematográfico típico da autora, sendo considerada o seu título mais importante por muitos críticos.

A história de Alice Munro

Alice iniciou sua carreira ainda jovem, através de crônicas, e consolidou seu trabalho com os contos. Suas histórias se concentravam nas relações humanas a partir de momentos cotidianos e acontecimentos aparentemente corriqueiros. Essa característica, somada a qualidade de seu trabalho, a fez ganhar o apelido “a Tchékov do Canadá” ou “Tchékov da língua inglesa”.

A autora nasceu em 10 de julho de 1931, em Wingham, uma pequena comunidade rural de Ontário. Ela cresceu em um momento de depressão econômica e, desde a infância, cultivava o interesse pela leitura. 

Continua após a publicidade

Munro frequentou por dois anos a Universidade de Western Ontario e, para manter os estudos, fazia trabalhos manuais. Casou-se duas vezes, tendo três filhas no primeiro casamento e mais uma no segundo.

Alice Munro morreu em 13 de maio de 2024, aos 92 anos, em Port Hope, e deixou um legado não só como escritora, mas também por seu posicionamento contra a desigualdade de gênero.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Moda, beleza, autoconhecimento, mais de 11 mil receitas testadas e aprovadas, previsões diárias, semanais e mensais de astrologia!

Receba mensalmente Claudia impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições
digitais e acervos nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 12,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.