Clique e assine Claudia a partir de R$ 8,90/mês

Marido chicoteia mulher com fio elétrico em Angra dos Reis

As costas da jovem de 28 anos ficaram marcadas pela agressão; homem está foragido

Por Da Redação - Atualizado em 18 fev 2020, 11h12 - Publicado em 14 fev 2019, 15h24

Uma mulher de 28 anos teve o corpo surrado por chicotadas de fio elétrico em Angra dos Reis, no Rio. O acusado de agredi-la é o marido, identificado como Uelinton. O homem teve a prisão temporária autorizada pela Justiça, mas está foragido.

Segundo Marcélia Rocha, irmã da vítima, Uelinton agrediu a moça porque ela demorou a voltar de um passeio.

“A minha irmã foi para uma ilha aqui na região com os pais dele, que ele mandou ir. O Uelinton deu determinado horário para ela voltar, mas o pai dele fez um frete com o barco e ela acabou chegando tarde. Ele bateu nela porque minha irmã não chegou no horário, para você ver a crueldade do ser humano”, disse Marcélia em entrevista ao DIA.

A mulher estava com o filho de oito meses do casal no momento da agressão. Segundo o relato dela, não foi a primeira vez que o marido a espancou. Ela disse aos familiares que apanhou durante a gestação e no pós-parto.

Continua após a publicidade

“Ela estava com o filho no colo. Ele tirou o bebê do colo dela, colocou na cama e jogou ela ao lado do bebê, a agredindo diversas vezes com os fios”, disse Marcélia. Ela diz ainda que a irmã recebia ameaças do marido para não denunciá-lo. 

A Polícia Civil disse em comunicado que expediu o mandado de prisão temporária de Uelinton na sexta (9). “Desde então ele é considerado foragido. A especializada vem realizando diligências para prender o autor”, disse a instituição.

Marcélia fez um relato nas redes sociais. Leia na íntegra:

ATENÇÃO meus amigos e familiares!

Mais uma vez a violência doméstica fez sua vítima, e dessa vez atingiu minha querida irmã e seu filho de 8 meses! Agressor: Uelinton Oliveira, hoje foragido, pois, de forma desumana e covarde deu uma SURRA, com um chicote feito de fio de luz. Isso mesmo, FIO DE LUZ! Feito por ele mesmo. Porém, essa não foi a primeira vez.

Continua após a publicidade

Durante 10 anos ela é violentada de todas as formas possíveis, sofrendo calada como muitas mulheres nessa situação. Na gestação, no resguardo, com o filho em seu colo, não importava… E isso precisa ter um basta!

Hoje, minha irmã também foge, mas foge da morte. Pois, após o recente e último ocorrido, mais grave, o qual envolveu seu filho que por força e proteção de minha irmã também não foi chicoteado, Uelinton que sempre a ameaçou de morte, mostrou o quão perto isso estava de acontecer. Não só com ela, mas também, com meu sobrinho de apenas 8 meses.

Assim, estamos na busca da tão esperada liberdade para ela e precisamos de ajuda para encontrá-lo! toda minha família foi afetada gravemente com essa situação e para os que defendem essa atitude e estão protegendo o CRIMINOSO, saibam que violência doméstica é CRIME SIM!! Deixem ele pagar pelo que fez, queiram estar do lado da verdade, saber a verdade e fazer a coisa certa. Porquê se o pior acontecer, vocês vão ter sido coniventes por proteger um criminoso.

O mandado de prisão está na rua, e a ligação é ANÔNIMA. Por favor, se virem esse COVARDE não deixem ele à solta. Liguem para polícia (190) ou para a delegacia da mulher.

(24) 33773315
(21) 980778452 (Whatsapp) Agradeço desde já.

POR FAVOR NOS AJUDE!!

Continua após a publicidade

Publicidade