Laudo médico aponta hematomas em mulher que acusou Neymar de estupro

Exames foram feitos seis dias após o encontro do jogador com a jovem

Um laudo médico de exames realizados no dia 21 de maio pela jovem que acusa Neymar de estupro aponta hematomas, problemas gástricos, perda de peso e sintomas de estresse pós-traumático. Os exames foram realizados seis dias após a data em que o estupro teria acontecido.

O documento, acessado pelo UOL Esporte, contém imagens que mostram hematomas grandes e escuros na região das nádegas e das pernas. O laudo ainda relata quadro de “dor, perda de peso, ansiedade e problemas gástricos pós-episódio de estresse emocional e hematomas provenientes de agressões na região das nádegas e pernas”.

A jovem ainda se queixou de tremor nos locais das agressões. Dentre as hipóteses de diagnóstico, estão transtorno misto ansioso e depressivo, síndrome dispética – conjunto de sintomas gástricos e traumatismos superficiais múltiplos.

O laudo foi realizado por um médico particular de um renomado hospital de São Paulo.

Na noite de sábado, Neymar gravou um vídeo no Instagram defendendo-se das acusações e expondo a conversa com a mulher. Os prints contêm mensagens de teor erótico e imagens da jovem seminua. O vídeo foi deletado na madrugada desta segunda-feira (3) e Neymar está sendo investigado por vazamento de fotos íntimas.

O pai do jogador compareceu a um programa de TV na manhã desta segunda para defender o filho das acusações. O empresário diz que houve um segundo encontro entre o jogador e a jovem e considera que o ocorrido foi “armadilha”.

Confira os assuntos mais falados da semana:

Leia também: Bruna Marquezine desmente print “debochando” de Neymar

+ Luana revela reação do filho Dom ao ver pai beijando Anitta

Vote e escolha as vencedoras do Prêmio CLAUDIA