Clique e assine Claudia a partir de R$ 8,90/mês

Jovem palestina é assassinada pela família por postar vídeo com namorado

O caso teve grande repercussão nas redes sociais e inúmeros protestos

Por Da Redação - Atualizado em 17 fev 2020, 13h55 - Publicado em 4 set 2019, 12h51

Uma jovem palestina foi assassinada pelo próprio irmão na última quinta-feira (29) e tem comovido pessoas de vários lugares do mundo. Israa Ghrayeb  foi vítima de um “crime de honra“.

Israa teria publicado um vídeo nas redes sociais junto a um rapaz com quem planejava se casar, e o ato da jovem teria causado “desonra” na família. Segundo a mídia palestina, seu irmão Ihaab teria espancado e torturado a jovem na casa da família, e a ordem partiu de seu pai.

Ao tentar fugir das agressões de seu irmão, Israa teve um ferimento grave na coluna quando pulou do segundo andar da casa. No entanto, parentes disseram que ela se jogou porque estava “possuída pelo demônio”.

Não perca o que está bombando nas redes sociais

Continua após a publicidade

Ao chegar no hospital a jovem postou em sua conta no Instagram que passaria por uma cirurgia na medula espinhal e que estaria impossibilitada de trabalhar. E foi agredida novamente pelo irmão. “Que Deus julgue aqueles que me oprimiram e me feriram”, escreveu.

Imagens da jovem suplicando por sua vida circularam pelas redes sociais, e o caso não foi esclarecido. A jovem faleceu em casa e a  família afirma que Israa teve um ataque cardíaco.

O crime ganhou grande repercussão nas redes sociais e os internautas criaram a  hashtag #WeAreAllIsraa, sendo compartilhado por pessoas conhecidas pelo público. A ativista palestina Hanan Ashrawi também denunciou o caso. “Crimes de honra são assassinatos premeditados.”

Confira algumas manifestações no Twitter:

Continua após a publicidade

Além das redes sociais, as ruas da Cisjordânia foram tomadas por protestos. Na Praça da Manjedoura, em Belém centenas de mulheres pediam justiça contra esse tipo de crime. “Precisamos de leis que protejam mulheres”, bradavam.

Continua após a publicidade

Crimes de honra

No Oriente médio esse tipo de crime é corriqueiro. Mulheres acusadas de descumprir as regras familiares e comportamentais são assassinadas muitas vezes pelos próprios parentes. Na maioria dos casos os agressores não são punidos porque a legislação permite que a família os perdoem.

Publicidade