CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 12,90/MÊS

Homem é preso suspeito de matar ganhador de 39 milhões da Mega Sena

O mandante do crime ainda não foi identificado

Por Da Redação Atualizado em 18 fev 2020, 09h10 - Publicado em 30 abr 2019, 16h46

Um homem foi preso nesta segunda-feira (29) sob a suspeita de assassinar Miguel Ferreira de Oliveira, empresário e vencedor de um prêmio de R$ 39 milhões na Mega-Sena. Foragido desde fevereiro de 2018, o suspeito estava escondido na casa da mãe, no município de Campos Sales, Ceará, mesma cidade onde o crime ocorreu.

Conhecido como “milionário da Mega-Sena” após vencer sorteio realizado em 2011, Miguel estava em um bar local na madrugada de 4 de fevereiro de 2018 quando um homem se aproximou e atirou contra ele, que foi atingindo por três disparos.

Segundo o delegado Bruno Fonseca, o suspeito identificado como Antônio Pedro dos Santos, conhecido como “Pedão”, de 29 anos, teria tentado fugir ao notar a presença policial na casa onde se escondia, mas não teve sucesso. Ele não possui antecedentes criminais.

“Em março de 2018 foi representada por mim essa prisão temporária, e deferida. E até então não tínhamos conseguido cumprir esse mandado porque ele estava em Bacabal (Maranhão). Nós entramos em contato com a polícia civil do Maranhão, mas não tivemos o retorno. E agora começamos a receber informações de que ele tinha retornado”, disse Fonseca ao G1.

O mandado que determina a prisão temporária de Antônio Pedro dos Santos tem prazo inicial de 30 dias. Fonseca informou que o caso se trata de um crime hediondo, no qual tudo indica que “Pedão” é apenas o executor, havendo um mandante ainda não localizado por trás de tudo.

Continua após a publicidade

“Houve uma série de conexões levando ao suspeito como sendo o autor. Ele foi o executor, o que a gente chama de autor imediato”, explicou o delegado.

Leia também: HORÓSCOPO DE MAIO: Veja previsões da astróloga Susan Miller 

Corpo é encontrado no lago do Parque Ibirapuera, em SP

+ Mãe perde dois filhos na mesma noite por causa de analgésicos e faz alerta

Siga CLAUDIA no Youtube

Continua após a publicidade

Publicidade