CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 14,90/MÊS

Clipe mostra o preconceito sofrido por uma criança trans. Assista!

Segundo pesquisa divulgada pela ONG Transgender Europe (TGEU), o Brasil é a nação que mais mata transexuais e travestis no mundo

Por Débora Stevaux (colaboradora) Atualizado em 28 out 2016, 21h23 - Publicado em 25 Maio 2016, 12h57

Segundo pesquisa divulgada pela ONG Transgender Europe (TGEU), o Brasil é a nação que mais mata transexuais e travestis no mundo. De janeiro de 2008 a março de 2014, foram registradas 604 mortes em todo o território nacional motivadas por transfobia, isto é, o ódio por indivíduos que se identificam como não pertencentes ao padrão cisgênero heteronormativo. 

Reprodução/Youtube
Reprodução/Youtube

Foi numa tentativa de alertar para os preconceitos sofridos desde a infância por esta parcela da população que não se identifica com o gênero masculino ou feminino pré-estabelecido desde o momento que vieram ao mundo, que a cantora francesa HollySiz produziu um tocante clipe para a música Light, do álbum “My Name Is”, para escancarar a situação de vulnerabilidade em que essas crianças vivem.

Reprodução/Youtube
Reprodução/Youtube

A letra da música por si só já nos leva a refletir sobre como olhares tortos na rua, comportamentos agressivos vindos da própria família, que muitas vezes não sabe como lidar com a situação, e “brincadeirinhas” dos colegas de sala podem machucar profundamente esses pequenos: “Deixe a luz entrar através de nós/ Vamos acreditar em nós mesmos/ Vamos acreditar em alguma coisa.”

Reprodução/Youtube
Reprodução/Youtube

A maioria da população desconhece a violenta e silenciosa realidade das pessoas trans, e nada melhor que este vídeo super emocionante para que as pessoas tenham seu primeiro contato. Assista abaixo: 

 

 

Continua após a publicidade

Publicidade