Clique e assine com até 75% de desconto

Criticada por camiseta no casamento, Alice Wegmann pisou em hater

Convidada do casório de Marina Ruy Barbosa, a atriz não deixou sem resposta quem falou mal do look dela.

Por Lucas Castilho Atualizado em 17 jan 2020, 14h29 - Publicado em 9 out 2017, 18h43

A atriz Alice Wegmann tem só 21 anos e um senso fashion muito do interessante. O look dela, para o casamento de Marina Ruy Barbosa e Xandynho Negrão, no último sábado (7), criado em parceria com a stylist dos famosos Patrícia Zuffa, foi um dos mais inventivos, modernos e confortáveis de toda a festa.

Leia Mais: Bruna Marquezine usou um truque genial para não passar frio no casamento

A produção, composta por uma saia Prada – já usada por Rihanna -, coordenada com uma camiseta branca básica da Saint Laurent, era jovem e chique. Ponto. Mas, como é de costume quando algo foge do óbvio, muita gente criticou – o mesmo aconteceu, por exemplo, com a Bruna Marquezine no mesmo evento.

View this post on Instagram

#MXWedding @marinaruybarbosa

Continua após a publicidade

A post shared by Alice Wegmann (@alice.weg) on

Um hater em especial foi além da crítica: “look ridículo. Ir de camiseta Hering+Saia de penas num casamento é no mínimo ridículo. Nem precisa ser fashionista pra saber. Vergonha alheia”, escreveu.

Reprodução/Tumblr

Provando que sabe pisar com delicadeza, Alice respondeu ele da forma mais sensata possível:

“Oi amor, a t-shirt era da Saint Laurent. Se fosse da Hering, também não teria o menor problema – aliás, as mulheres mais chiques que conheço ficam mais lindas quando estão de calça jeans e t-shirt branca básica. O look foi justamente pensado com a “brusinha branca”, porque é fresh, moderno, condiz com a minha idade e tem muito a ver com a moda de hoje. Foi pensado pela Patricia Zuffa, que é uma das maiores profissionais de moda que temos hoje no país, que é uma artista sensível a frente do seu tempo. A moda é assim: primeiro as pessoas criticam, depois elas copiam. Se quer saber: a tshirt me permitiu dançar ainda mais solta no casamento, eu tava livre, leve, me diverti horrores e adoraria convidar todo mundo que perdeu tempo me criticando pra pista de dança. Não há nada mais cafona do que a ignorância de falar mal do outro. Vergonha alheia você deveria ter de gente que tenta diminuir o outro, não de mim, que tava na festa super de boa, sem desejar o mal de ninguém, me divertindo linda. Uma festa de casamento não é feita pra ir de vestido longo, é feita pra celebrar e pros noivos se divertirem os convidados. E foi isso que fizemos. Um beijo”.

É isso. Deixem as pessoas usarem o que elas quiserem.

Continua após a publicidade
Publicidade