Assine CLAUDIA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Zero Waste Living: Como viver uma vida sem desperdícios?

Já imaginou levar uma vida sem tanto lixo e impacto ambiental? É possível! Entenda a tendência

Por Adriana Marruffo
26 set 2023, 07h37

Chega de lixo! Com as graves mudanças climáticas e o aumento do nível dos oceanos, os estilos de vida visando a sustentabilidade vem se popularizando, este é o caso do Zero Waste Living (vida sem desperdício, em tradução literal). Desde canudos de metal a ecobags, esse estilo de vida envolve um conjunto de práticas que tem como objetivo a redução do desperdício de recursos e materiais, podendo ser através da reciclagem, compostagem ou substituição de determinados hábitos cotidianos. 

Mas calma, isso não significa que você deve desistir de tudo o que você ama, trata-se de lidar com o consumo desenfreado, e pode ser muito mais fácil do que você pensa! Por isso, conversamos com Mariana Moraes, ativista e influencer ambiental na Verdes Marias, e Wagner Andrade, CEO e Diretor de Inovação do Menos 1 Lixo, para entender a nova tendência e como podemos aplicá-la ao nosso dia a dia. Veja só:

O que é Zero Waste Living?

Desde as sacolinhas de plástico até garrafas de xampu, existem diversos produtos que compramos com frequência que dificilmente se decompõem, podendo ser substituídos por alternativas mais sustentáveis. “O Zero Waste Living nada mais é do que rever toda a sua forma de viver, de consumir e de descartar para que você consiga ter a menor quantidade possível de resíduos, de lixo e de desperdício. Então vai desde as escolhas que você faz antes de comprar até o descarte”, conta Moraes.

Antes de tudo, devemos analisar nossos hábitos de consumo, realizando escolhas conscientes e que se adaptem ao nosso estilo de vida. A integrante das Verdes Marias aponta que é necessário realizar alguns questionamentos na hora de adquirir novos produtos ou alimentos, como, por exemplo, pensar se realmente precisamos de um determinado item ou se a gente apenas está querendo matar um certo desejo. 

Continua após a publicidade

“De que material é feito? Será que esse material, depois que usar, vai durar ou ele vai estragar rapidinho? Ele é um material que depois tem reciclagem? E se ele for reciclável tem gente reciclando, então é você ir escolhendo tudo que envolve a sua vida de forma que você gere menos resíduo”, aponta Mariana como as principais reflexões a se fazer antes de fazer nossas compras. 

Zero Waste Living X Zero Lixo

É importante lembrar que o Zero Waste Living não é Lixo Zero
É importante lembrar que o Zero Waste Living não é Lixo Zero (SHVETS production/Pexels)

Mas calma lá, isso não significa que sua vida vai parar de ter resíduos ao todo! Wagner Andrade explica que a equipe do Menos 1 Lixo não acredita no conceito zero lixo, considerando-o opressor, por ser impossível acabar com os resíduos no sistema capitalista que criamos como humanidade. 

Continua após a publicidade

“A dinâmica de compra e de consumo de uma vida, principalmente numa metrópole ou numa cidade urbana, invariavelmente vai te colocar em contato com situações em que os produtos estarão embalados em alguma coisa, vai estar é reembalado num segundo material. É muito difícil você conduzir uma dinâmica de vida zero lixo”, explica o CEO. 

Como praticar o zero waste living? 

Para tornar o cotidiano mais sustentável, é importante manter em mente a regra dos 5Rs: reduzir, reutilizar, reciclar, recusar e repensar. Então, vamos lá! Para reduzir, evite realizar compras exageradas e repense a necessidade de algo antes de adquiri-lo. “Acho que o primeiro o primeiro Grande R do comportamento da vida das pessoas é o r de redução, ou seja, o que eu não preciso mais consumir. Quais são as primeiras coisas que eu recuso da minha vida? Isso tem a ver com uma escolha de compra, mas tem a ver também com a embalagem”, explica Andrade.

“A percepção de consumo, não só a partir do item que eu quero beber ou consumir, mas também onde ela está embalada, de onde ela vem e pra onde ela vai são perguntas que são chaves importantes para a gente tomar uma decisão de compra”, conta Wagner. Mariana conta que um dos principais substitutos que podemos implementar nas nossas vidas são as latas, visto que são quase 100% recicláveis, garantindo que vão voltar com maior facilidade à cadeia de produção, além de terem um alto valor para catadores. Wagner também aponta o vidro como uma das possíveis alternativas para determinadas compras. 

Continua após a publicidade

E na hora de fazer as compras? Parece impossível realizá-las sem, eventualmente, pequenas embalagens de plástico invadirem nossa rotina, como a sacolinha de feijão ou as embalagens de barrinhas de cereal. “Se for comida, será que eu não consigo comprar essa mesma coisa a granel? Eu tenho um granel que eu vou com os meus potes, mas eu também tenho um granel que compro em que eles me mandam tudo com um saco de papel em casa. Se for frutas e legumes na embalagem, gosto de pedir a compra direto do produtor, além de fortalecer o pequeno produtor em vez de comprar no supermercado, você garante menos plástico”, recomenda Moraes. 

Tenha um kit zero lixo

O kit zero lixo é essencial para evitar o consumo de materiais não recicláveis
O kit zero lixo é essencial para evitar o consumo de materiais não recicláveis (Karolina Grabowska/Pexels)

Um dos grandes fatores que podem te ajudar a levar um estilo de vida Zero Waste, ou apenas mais sustentável, é carregar um kit “Zero Lixo” com você quando precisar sair. “Um kit menos lixo é para te ajudar a evitar esse desperdício, contendo todo aquele material reutilizável que você consegue carregar no seu dia a dia para evitar os descartáveis de uso único”, explica Wagner Andrade.

Continua após a publicidade

Wagner também conta que o movimento Menos 1 Lixo foi o primeiro a desenvolver um copo que fosse retrátil e reutilizável, e produzido 100% no Brasil – além de consumir 0 litros de água em sua produção. E o que mais carregar? “Você tem que ter um kit de talher dentro da sua bolsa ou mochila para não precisar usar um talher descartável num fast food ou restaurante. Ande sempre com a sua garrafa cheia de água, e se você necessitar de um canudo, tenha um canudo reutilizável”, recomenda. 

E, claro, não se esqueça que você não precisa pegar as sacolinhas de plástico a cada compra que você faz! Mariana conta que ela não aceita mais as sacolas para transportar suas compras, carregando consigo uma ecobag ou uma bolsa reutilizável sempre que sai de casa. 

Faça você mesmo

Mariana conta que grande parte da cultura do Zero Waste Living é aprender a produzir os seus próprios produtos. “Quando você começa a levar uma vida Zero Waste, você começa a perceber que pode fazer seus produtos e isso é muito mais barato. Eu faço o detergente da minha casa, o desinfetante com casca de fruta, meu desodorante – tem vários produtos que você começa a fazer”, explica a influencer, afirmando existirem cursos para aprender a produzir isso e muito mais!

Continua após a publicidade

Além disso, grande parte do Zero Waste Living recai na reciclagem, e isso se aplica tanto aos materiais como latas e garrafas, como aos nossos alimentos. Uma das principais dicas de Moraes é praticar a compostagem, podendo utilizar minhocas ou não, e podendo ser feita em casa ou adquirida online.  “Uma coisa muito importante é você parar de misturar comida com lixo, porque comida não é lixo, ela vem da terra e ela tem que voltar para a terra. Se você mora em São Paulo tem tanta opção de ter uma composteira”, finaliza a influencer. 

“Minha dica final aqui é começar  a partir daquilo que está ao seu alcance. Qual é o primeiro passo que você pode dar hoje rumo a uma vida mais consciente? Pega essa missão e faça. Quando você se sentir confortável nessa dinâmica, pensa no segundo passo, no terceiro passo. A vida é uma jornada, a gente não resolve isso do dia pra noite, basta ter resiliência, paciência e consciência”, reflete Wagner.

Por isso, vamos passo a passo por um mundo mais sustentável!

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

O mundo está mudando. O tempo todo.
Acompanhe por CLAUDIA e tenha acesso digital a todos os títulos Abril.

Acompanhe por CLAUDIA.

Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Moda, beleza, autoconhecimento, mais de 11 mil receitas testadas e aprovadas, previsões diárias, semanais e mensais de astrologia!

Receba mensalmente Claudia impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições
digitais e acervos nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 12,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.