Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Príncipe Harry e Meghan Markle se separam de vez da família real

Um comunicado foi publicado pelo Palácio de Buckingham nesta sexta-feira (19) oficializando a decisão

Por Da Redação Atualizado em 8 mar 2021, 09h55 - Publicado em 19 fev 2021, 13h13

Príncipe Harry e Meghan Markle não retornarão mais como membros ativos da família real, ou seja, não exercerão mais seus papéis oficiais de duque e duquesa. A informação foi confirmada através do comunicado oficial publicado pelo Palácio de Buckingham, nesta sexta-feira, 19.

O casal, que se afastou de todos os compromissos reais em março de 2020, terá que devolver alguns títulos honorários e responsabilidades com instituições da nobreza, ou seja, não manterão mais seus títulos de patronos de instituições e organizações.

Leia mais: O pedido de afastamento de Harry e Meghan em 2020.

A decisão foi tomada após uma conversa de Harry com sua avó, a rainha Elizabeth.

Leia mais: Como rainha Elizabeth reagiu em 2020, após o pedido de afastamento dos duques de Sussex.

“O duque e a duquesa de Sussex confirmaram à Sua Majestade, a Rainha, que não retornarão como membros ativos da Família Real”, disse o comunicado do Palácio de Buckingham. “Após conversas com o duque, a rainha escreveu confirmando que, ao se afastar do trabalho da família real, não é possível continuar com as responsabilidades e deveres que vêm com uma vida de serviço público.”

Com a decisão, as nomeações serão devolvidas para a rainha, que reorganizará e dividirá as responsabilidades sociais com outros membros ativos da família e reverterá os fundos para outras iniciativas, como o patronato do Royal National Theatre e da Association of Commonwealth Universities.

Apesar de Meghan e Harry, a partir de agora, não usarem mais seus títulos de Alteza, está mantido o título de duque e duquesa de Sussex.

Continua após a publicidade

O escritório dos duques de Sussex declarou que o casal “permanece comprometido com seu dever e serviço no Reino Unido e em todo o mundo, e ofereceu seu apoio contínuo às organizações que representaram, independente de sua função social.”

“Embora todos estejam tristes por sua decisão, o duque e a duquesa continuam sendo membros muito queridos da família”, finaliza o comunicado oficial do Palácio de Buckingham.

O afastamento de Harry e Meghan já vinha sendo sinalizado desde 2018, com ambos adotando uma postura que diferem do que é visto comumente na realeza.

Fontes de dentro do palácio real revelaram à revista People que o desafio de manter os papéis reais decorre das relações comerciais do casal com outras entidades, o que vai contra o posicionamento da rainha, que mantém a opinião de que os membros da família real não podem estar “metade dentro, metade fora”, ou seja, representar a Rainha e o Reino Unido enquanto buscam objetivos financeiros pessoais.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade