Pai de Meghan Markle pode entrar na justiça para ver seu neto

Thomas Markle não tem contato com a filha desde maio do ano passado

Thomas Markle, pai de Meghan Markle, vem tentando se aproximar da filha desde que soube de sua gestação. Agora, ele pode entrar na justiça para ver o neto, que nasceu nesta segunda-feira (6).

De acordo com o jornal britânico Mirror, Thomas, de 74 anos, entrou em contato com o Palácio de Kensington e com Justin Welby, arcebispo de Canterbury e responsável pelo casamento entre Meghan e o príncipe Harry, para que o ajudassem a se aproximar da filha. Ele não tem contatocom ela desde maio do ano passado, quando armou fotos com paparazzis dias antes do casamento real.

Segundo a publicação, fontes próximas da família real afirmam que o pai tem falado sobre seus “direitos” enquanto avô do bebê com advogados. “Thomas disse que o ‘sangue Markle’ estará nas veias do bebê tanto quanto o ‘sangue real’. Ele admite que errou com Meghan, mas que, com o término da gestação da duquesa, ele está desesperado por uma reaproximação. Ele espera que a chegada do bebê o ajude a se reaproximar da filha”, afirmou a fonte ao Mirror.

O bebê real veio ao mundo na manhã desta segunda-feira (6), pesando 3,260 kg. “Foi uma experiência incrível”, afirmou Harry. O nome ainda não foi divulgado.

Leia também: Como Lady Di esteve presente no anúncio do bebê de Harry

Por que a família real demora tanto para revelar os nomes de bebês

Siga CLAUDIA no Youtube