Giselle Itié não aceita ter foto de nu artístico removida do Instagram

Características rejeitadas pelas diretrizes do aplicativo não estão presentes na imagem publicada pela atriz

O corpo feminino é alvo de muita censura no Instagram. Preocupados com conteúdos de teor sexual, o aplicativo costuma bloquear imagens artísticas de mulheres celebrando seus corpos. A atriz Giselle Itié, 36 anos, no entanto, não se conformou ao ter uma foto deletada da plataforma e voltou a publicá-la.

Leia também: Mais uma vez criticada pela educação dos filhos, Bela Gil rebate seguidor

Na imagem, ela aparece submersa em uma água de azul ciano intenso. Seu corpo está nu, mas de lado, sem mostrar detalhes íntimos. Além disso, os mamilos – que são automaticamente identificados pelo Instagram ao escanear imagens de mulheres de peito nu para deletá-las – não aparecem.

Leia também: Camila Pitanga teria recusado convite para protagonizar ‘Segundo Sol’

Enquanto a legenda original dizia “Dead pero truly happy” (“morta, mas verdadeiramente feliz”, em uma mistura de inglês e espanhol), o repost veio acompanhado de “(and angry) Ahhaha… quem denunciou a minha imagem?!” (“e brava”, em inglês).

Antes de depois de voltar a publicar a imagem, ela compartilhou uma captura de tela da mensagem de remoção da imagem original. “Removemos sua publicação porque ela não está em conformidade com nossas Diretrizes da Comunidade“, diz o aviso.

Nas diretrizes do Instagram, eles pedem para que nudez associada a “relações sexuais, genitais e close-ups de nádegas totalmente expostas” não seja publicada. “Isso também inclui algumas fotos de mamilos femininos, mas as fotos de cicatrizes causados por mastectomia e mulheres amamentando são permitidas.”, completa a mensagem. No entanto, nada disso se encontra na fotografia publicada pela atriz.