Assine CLAUDIA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Kika Gama Lobo

Por Atitude 50
Focada na maturidade como plataforma pessoal, a jornalista Kika Gama Lobo escreve sobre as sensações e barreiras que as mulheres de 50 anos vivenciam
Continua após publicidade

Vaca velha

Não, não é xingamento: é prato, e dos mais deliciosos

Por Kika Gama Lobo Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
24 abr 2024, 13h10

“Vaca velha”. Não é xingamento de balzaca recalcada com a chegada da Madonna. Não é malcriação com a vizinha da frente. Pasme, é iguaria das melhores. Nessas minhas andanças gastronômicas, tenho comido em restaurantes constelados. Não são nem mais 3 estrelas. São muitas.

Já estava gorda por causa da menopausa com aquela pochete que não desgruda da minha pança. Agora dobrei. Estou quase um pneu Michelin. E nessa de provar os melhores quitutes em botecos cools do eixo Rio-São Paulo, jantar em mesas milionárias só para os eleitos e provar coisas que nem sabia que existiam, dei de cara com a vaca velha. Melhor, de boca.

São carnes idosas, abatidas em animais entre 8 e 14 anos, considerados gados velhos. As ditas carnes idosas são mais macias, suculentas e imponentes ao paladar. Antigamente eram consideradas duras e sem sabor. A tecnologia mudou isso. Como o processo de dry age é lento, elas ganham repertório.

Parece que a ligação cruzada entre colágeno no músculo com o encurtamento dos sarcômeros enrijece a carne. Hoje, os grandes pecuaristas buscam reduzir este efeito das fibras insolúveis. Deixa-se a carne em uma câmara frigorífica e ela vai secando, perdendo água e retendo sabor.

Continua após a publicidade

Fiz uma analogia popular….Lembra da galinha velha que dá bom caldo? Pois é, estamos em alta. Na moda, na publicidade, na vida e na mesa. Comer carne novinha não está com nada. Agora é a hora das velhinhas, diriam os comedores. Pelo menos nos restaurantes carnívoros somos valorizadas com nossas rugas, estrias, pelancas.

Uma vaca regular é abatida com 5 anos. Tipo, é morta magrinha. Já as vacas velhas pastam por mais anos e ficam os últimos 6 meses de vida em boas pastagens para ganharem peso. Depois de abatidas, são colocadas em maturação por 80 a 150 dias. Esse tempo confere a quebra enzimática e torna a carne ainda mais macia e saborosa.

E eu fiquei aqui pensando com meus botões. O Tinder devia abrir uma aba: vacas velhas. E assim a gente ia se apresentando: molinha, flácida, fofitcha e cheia de sabor. E doravante vou encher a boca e dizer: sou uma vaca velha. Trata bem, pois sou para paladares exigentes. Alguém discorda?

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Moda, beleza, autoconhecimento, mais de 11 mil receitas testadas e aprovadas, previsões diárias, semanais e mensais de astrologia!

Receba mensalmente Claudia impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições
digitais e acervos nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 12,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.