Clique e Assine CLAUDIA por R$ 9,90/mês
Imagem Blog

Kika Gama Lobo

Por Atitude 50 Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO
Focada na maturidade como plataforma pessoal, a jornalista Kika Gama Lobo escreve sobre as sensações e barreiras que as mulheres de 50 anos vivenciam
Continua após publicidade

Hormônios à vista

Nada mais inspirador do que ver uma mulher madura sendo outra e, ainda assim, sendo ela mesma

Por Kika Gama Lobo Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
20 mar 2024, 10h18

Uma amiga menopausada, daquelas que não tem sequer um estrogênio pra chamar de seu, visitou uma ginecologista mulher. Antes, só se consultava com homens. Disse que queria ser outra. Passados anos no vale seco do climatério, ela quis sentir.

Será que não rola uma brecha para uma mínima reposição hormonal? Nessa década pós-câncer ela resistiu, vivendo uma vida banal, histérica, calorenta, duvidosa, mas sempre achando que aquilo seria a sua sina. Um dia, acordou revoltada com as negativas de seu médico homem.

Por que não poderia tentar uma migalha de mudança? Sentou na frente da médica e vomitou suas neuroses desidratadas, implorando com o olhar por uma saída. A médica, linda, jovem, cheia de tesão na existência, lhe deu uma esperança. Fórmulas, laser vaginal, suplementos, testosterona – e um alento brotou daquele rosto árido.

Ainda não seria o chip de estrogenio ou as pomadas milagrosas. Mas não teria chegado o momento de uma virada de vida? De novas tentativas de reagir e sentir mais a potência da vida? Não sei se foi o gesto de uma possível alegria no cotidiano rude da amiga débil, entregue aos efeitos nocivos da menopausa, mas a mulher já mudou.

Continua após a publicidade

Deu uma desabrochada, emagreceu uns gramas, intensificou a ginástica e olhou pro lado. Sobretudo por estar namorando um parceiro misógino que a leva para um combate diário. Descarta-lo ainda não conseguiu, mas já colocou a cabeça fora d’água. Está olhando até os novinhos.

E pensando sobre tudo o que lhe aconteceu naquela consulta médica, divaguei: por vezes, o que precisamos é a empatia de quem nem conhecemos. Primeira consulta, zero intimidade com a gineco e um imenso portal se abriu na frente da amiga. Torço para que seja duradoura essa mudança hormonal e que os frutos sejam colhidos logo.

Nada mais inspirador do que ver uma mulher madura sendo outra e, ainda assim, sendo ela mesma.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Moda, beleza, autoconhecimento, mais de 11 mil receitas testadas e aprovadas, previsões diárias, semanais e mensais de astrologia!

Receba mensalmente Claudia impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições
digitais e acervos nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de 14,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.