Tabata Amaral cria polêmica ao apoiar reforma da Previdência

O PDT, partido da deputada, ameaçou expulsão para quem apoiar as mudanças propostas pelo governo Bolsonaro

Tabata Amaral, deputada pelo PDT-SP, virou um dos assuntos mais comentados do dia após seu partido ameaçá-la de expulsão caso vote favorável à reforma da Previdência. O deputado Carlos Lupi, presidente do partido, disse que quem apoiar as mudanças nas regras de aposentadoria propostas pelo governo de Jair Bolsonaro será punido com o desligamento.

A jovem parlamentar é favorável à reforma e chegou a receber um telefonema de Ciro Gomes para mudar o voto. Nas redes sociais, internautas repercutem a posição de Tabata, a maioria em tom de crítica. “Faltam quantas horas para a Tabata Amaral ir para o PSDB?”, escreveu um perfil no Twitter. Alguns, no entanto, apoiam a decisão. 

Veja as reações:

Leia também: Horóscopo da semana de 8 a 14 de julho – hora de ver o que é preciso mudar

+ Síndrome de burnout – Izabella Camargo conta a sua história no podcast “Senta Lá, CLAUDIA”