5 mitos e verdades sobre a acne

Confira alguns mitos e verdades sobre uma das maiores vilãs da pele

1. É um problema que atinge principalmente adolescentes 

Mito. De fato muitas pessoas sofrem com o problema nessa fase, muito por causa da oscilação hormonal que ocorre na puberdade. Mas cada vez mais mulheres adultas (mais do que homens) sofrem com o problema. Estudos mostram que o problema atinge, atualmente, 54% delas. Bem significativo, né? O pior é que ainda faltam muitas respostas sobre causas e melhores tratamentos. Entre elas, os principais vilões são: stress, uso equivocado de cosméticos no rosto e oscilações ou distúrbios hormonais, como a Síndrome do Ovário Policístico.

2. Chocolate causa acne

Mito. Já está comprovado que o que causa o surgimento das marquinhas vermelhas no rosto é o excesso de Açúcar (presente em muitos doces achocolatados, principalmente na versão ao leite) e refeições com alto índice glicêmico (alto em açúcares e carboidratos refinados, como pães, massas e bolos. Não quer abrir mão desse doce maravilhoso? O melhor é investir na versão 70% (ou mais) Cacau. Afinal, o vilão não é ele!

3. Todos os tratamentos para acne são iguais

Mito. Os cuidados com as espinhas dependem totalmente da causa. Por isso muitas pessoas tomam todos os cuidados básicos e usam secativos sem sucesso. Isso porque se a causa for interna, hormonal por exemplo, de nada adianta tratar só por fora. Por isso se o problema persistir é preciso procurar um médico para entender a causa do problema e só então iniciar o melhor tratamento.

4. Quem tem cabelo oleoso tem mais propensão a acne

Verdade. O couro cabeludo também é parte da nossa pele. Por isso, quem tem fios mais oleosos também tendem a ter a pele do rosto assim. Tratamentos via oral ou hormonais para acne acabam, inclusive, ressecando os fios ou diminuindo bem sua hidratação natural.

5. Protetor solar aumenta as chances de desenvolver acne

Mito. Antigamente sim, já que as fórmulas dos produtos eram mais pesadas e comedogênicas, causando a obstrução dos poros. Mas hoje em dia existem texturas ultraleves, específicas para peles oleosas ou acneicas e inclusive com ativos seborreguladores na fórmula, que não só não causam acne como ajudam a evitá-la. Ou seja, o problema não é desculpa para não se proteger do sol, ok? Basta escolher o produto adequado para você!

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s