Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Como conseguir um rosto bronzeado sem precisar do sol

Dá para conquistar o tom dourado a partir dos produtos e truques certos

Por Isabella Marinelli Atualizado em 19 ago 2020, 21h41 - Publicado em 23 jul 2019, 15h53

Os autobronzeadores corporais demoraram para atingir a alta performance. Cheiro forte, formulações que levavam a manchas e efeito alaranjado apareciam entre as principais reclamações das consumidoras. Felizmente, a tecnologia reverteu completamente o quadro. O avanço foi tanto que chegaram às prateleiras versões específicas para o rosto, região que inspira mais cuidados e vive exposta.

Hoje, as composições vão além de bronzear o tom da pele – não obstruem os poros, garantem boa cobertura e o desbotamento é gradual.  Elas contêm uma substância chamada DHA, que reage com a camada superficial da derme, levando à produção de pigmento mais escuro.

Há texturas para todos os gostos: bem cremosas, ultrafluidas e até aplicadas com lenço umedecido. “Espalhe delicadamente, como se fosse um hidratante, sem esquecer nenhum cantinho”, ensina a dermatologista Valéria Marcondes, de São Paulo.

Prepare o terreno

Esfoliar a pele antes de aplicar o autobronzeador equivale a limpar uma tela para depois começar a pintura. “Ajuda a homogeneizar a textura na hora de receber o tonalizante, evitando manchas”, explica Valéria. Não é recomendado, entretanto, deixar tudo para o mesmo dia. A preparação deve ocorrer um ou dois dias antes.

Não esquenta!

Banhos muito quentes aceleram a desidratação da pele, promovendo a descamação (mesmo que imperceptível) e, consequentemente, abreviando a duração do efeito. Evite. Fique de olho também na rotina de cuidados. “Interrompa o uso de esfoliantes enquanto ainda está bronzeada, assim como determinados ácidos. Já séruns e hidratantes estão liberados”, avisa o dermatologista Alberto Cordeiro, de São Paulo. Quanto mais hidratada, melhor!

Obedeça às ordens

Leia e siga a indicação do fabricante no rótulo. Cada região tem características específicas, e os produtos são desenvolvidos para agir de acordo com elas. “Normalmente, cosméticos para o rosto podem ser aplicados também no colo. Só não vale inverter e passar algo para o corpo no rosto”, alerta Alberto. A utilização equivocada pode desencadear quadros de acne e até dermatite.

No dia a dia

Não é porque você está com a pele bronzeada que pode pular o filtro solar. A proteção continua imprescindível. No caso dos hidratantes, procure aqueles com ácido hialurônico e vitamina C, mais potentes. A hidratação também colabora com o viço natural da pele, que, quando nutrida, tem aquele brilho típico de quem anda aproveitando o verão.

Relacionamento abusivo: saiba se você está em um no podcast Senta Lá, CLAUDIA

Continua após a publicidade
Publicidade