4 filmes para entender o universo da síndrome de Down

Além de contar detalhes sobre a websérie Geração 21, selecionamos longas sobre o tema para você conferir e refletir

Desde que descobriu, ainda na adolescência, que tinha o direito de trabalhar, Fernanda Honorato, primeira repórter com síndrome de Down do Brasil, passou a divulgar a causa. Aos 25 anos, conseguiu uma vaga na equipe do Programa Especial, que vai ao ar aos sábados, na TV Brasil, com reportagens sobre os vários tipos de deficiência. Além disso, ela dá palestras sobre o assunto pelo país afora.

Agora, a jornalista e atriz deu mais um passo em sua luta por inclusão. Ela é uma das personagens da websérie Geração 21,  disponível no Youtube. Em 12 episódios, são retratadas histórias de vida de pessoas com a síndrome de Down e que desempenham um papel na sociedade, superando expectativas e limites e lutando por seus direitos, inclusive no mercado de trabalho. “A independência está aqui, na sua frente”, afirma em seu depoimento Fernanda Honorato, que concorre ao Prêmio CLAUDIA na categoria Trabalho Social. (Conheça aqui todas as finalistas)

Listamos alguns filmes de ficção e não-ficção que tratam sobre a síndrome. Prepare a pipoca:

Cromossomo 21

Com estreia prevista para outubro de 2017, o filme conta a história de amor entre uma jovem portadora da síndrome de Down e de um garoto normal. O envolvimento desta casal fora dos padrões provoca reflexões sobre a independência e a sexualidade das pessoas com deficiências cognitivas. Fernanda Honorato, nossa finalista, também atua no longa.

Ano: 2016 / 2017
Direção: Alex Duarte
País: Brasil

Colegas

Neste divertido e emocionante road movie, Stalone, Marcio e Aninha são grandes amigos e decidem fugir de uma instituição que abriga portadores da síndrome de Down. Os jovens partem em busca de realizar seus sonhos individuais em um conversível vermelho roubado. No caminho, são perseguidos por policiais e acabam sendo procurados por todo o país. Em 2012, o longa ganhou o prêmio de Melhor Roteiro no Festival de Paulínia e Melhor filme no Festival de Gramado.

Ano: 2013
Direção: Marcelo Galvão
País: Brasil

Luto à Luta

O cineasta Evaldo Mocarzel é pai de Clara, que nasceu com síndrome de Down. Foi depois do nascimento da menina que ele dirigiu Luto à Luta. O documentário abre com depoimentos de pais sobre a reação deles ao saber do diagnóstico dos filhos. As respostas são cheias de emoção e revelações. As ainda cenas em que portadores da síndrome aparecem desenvolvendo suas potencialidades trazem um novo olhar às pessoas com deficiência intelectual.

Ano: 2004
Direção: Evaldo Mocarzel
País: Brasil

Anita

Neste belo e delicado filme, conhecemos a história de Anita, portadora da síndrome de Down que sai em busca de sua mãe quando ela desaparece após um atentado terrorista. No caminho, a menina encontra muitos percalços que acabam tornando-a mais confiante e contribuem para a conquista de uma certa autonomia.

Ano: 2011
País: Argentina
Direção: Marcos Carnevale

Para acompanhar todas as novidades do nosso site, assine o newsletter de CLAUDIA!

Newsletter Conteúdo exclusivo para você
E-mail inválido warning
doneCadastro realizado com sucesso!

*Fontes: Apae São Paulo

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s