Curitiba emite alerta sobre ‘Baleia Azul’ após 5 casos na cidade

No Brasil, outros sete casos de suicídio e tentativas de suicídio podem estar relacionados ao jogo e estão sendo investigados

A prefeitura de Curitiba emitiu um alerta aos pais na terça-feira (18) sobre o desafio da Baleia Azul. O jogo que incentiva o suicídio gerou preocupação na cidade depois que a rede de saúde do município registrou cinco tentativas de suicídio entre adolescentes de 13 e 17 anos, que foram atendidos e encaminhados para acompanhamentos de Centros de Atenção Psicossocial (Caps).

De acordo com a prefeitura, em todos os casos registrados haviam sinais de automutilação e ingestão e medicamentos. As características chamam a atenção para o jogo da Baleia Azul, uma vez que o desafio propõe atividades similares e, no ápice, o suicídio.

Isso levou o governo da cidade a orientar o pais a conversarem com seus filhos para que eles possam identificar o motivos que os levariam a participar do desafio. “Orientamos que pais e responsáveis conversem com os adolescentes e fiquem atentos a sinais de isolamento, perda de vínculo familiar e quadros de automutilação”, disse o secretário municipal da Saúde de Curitiba, João Carlos Baracho, no site oficial da prefeitura.

Leia também: Deprimida, garota busca ajuda na web e cai no jogo Baleia Azul 

O desafio

Composto por uma maratona de 50 atividades, o jogo da Baleia Azul envolve desafios como asfixia, automutilação, queimar a pele e, no extremo, o suicídio.

O desafio começou como um fake news um boato, uma mentira – na Rússia, em 2015, sobre um jogo que apresentava uma série de desafios macabros a seus participantes. Contudo, a história gerou um contágio principalmente entre os jovens e acabou se tornando real.

Casos no Brasil

O desafio da Baleia Azul ganhou repercussão nacional quando a adolescente Maria de Fátima Oliveira, de 16 anos, foi encontrada morta na terça-feira (11) em uma represa de Vila Rica (MT). A suspeita é que a garota tenha se atirado na água depois de participar de um desafio online. O caso está sob investigação.

O país ainda tem outros seis casos sob suspeita de estarem relacionados com o desafio da Baleia Azul, contabilizando sete no total.

Em Pará de Minas (MG), a Delegacia de Crimes Contra a Vida investiga se a morte de um jovem de 19 anos no último 12 de abril está relacionado com o jogo. De acordo com o delegado responsável pelo caso, Carlos Henrique Gomes Bueno, o rapaz participava de um grupo de mais de 100 pessoas e seu celular está sendo averiguado.

Em Santa Catarina, a tentativa de suicídio de um adolescente de 15 anos também está sob investigação de estar relacionada com o desafio depois que a mãe do garoto contou que o filho foi instigado a participar do jogo por um grupo no WhatsApp. “Era um grupo, vários adolescentes a nível de Brasil, onde eles conversam, eles recebem as regras, as normas, os desafios. Comentam sobre os cortes que fazem, tudo”, disse a mulher ao Hora 1, da Rede Globo.

Em Belo Horizonte (MG), um adolescente de 16 anos foi encontrado morto no último fim de semana no Bairro Ribeiro de Abreu. A princípio a Polícia Civil não relaciona o caso com o game, mas familiares do garoto suspeitam que o o caso tenha relação com o jogo.

Já emJoão Pessoa (PB), uma adolescente de 14 anos teria praticado automutilação e subido no teto da escola onde estuda depois de participar de um suposto jogo online de incentivo ao suicídio. “Falei com familiares dela, que confirmaram que, há cerca de 25 dias, a menina apresentou um comportamento de mutilação, fazendo cortes no braço, e chegou a subir no teto da escola. Eles não entenderam o porquê na hora, ela chegou a ser suspensa, mas, depois do alerta [da polícia sobre a investigação do suposto ‘desafio da Baleia Azul’] na semana passada, eles reportaram o caso”, disse o coordenador do Centro Integrado de Operações Policiais da Paraíba (Ciop), tenente-coronel Arnaldo Sobrinho, ao G1.

No Rio de Janeiro (RJ), a A Delegacia de Repressão a Crimes Virtuais (DRCI) investiga se a tentativa de suicídio de uma menina de 12 anos pode estar relacionada ao jogo. De acordo delegada assistente Fernanda Fernandes, responsável pelo caso, a mãe de uma vítima descobriu o aplicativo que reunia os participantes do jogo e notificou a polícia.

Ainda na capital fluminense, uma garota de 15 anos participou do jogo até a 15ª etapa e foi salva pela mãe. “Quem tiver com vontade de entrar no Baleia Azul, não faça isso. Só vai te causar coisas ruins. Em vez de parar sua tristeza, só vai aumentar. E vai acumular, e vai acumular… E quando você vê, já vai estar vazio por dentro e por fora. Apostem numa coisa que você gosta. Talvez numa música de que você gosta. Talvez você se sinta melhor. Porque eu sei o quanto dói, mas não vai ser um jogo que vai te fazer parar de sentir dor. E nem a morte”, disse a garota ao jornal O Globo.

Leia mais: Garoto de 11 anos comete suicídio após namorada fingir que morreu

ATENÇÃO AOS SINAIS

Saiba como identificar características de um jovem com tendências suicidas

  • Alterações significativas na personalidade ou nos hábitos;
  • comportamento ansioso, agitado ou deprimido;
  • queda no rendimento escolar;
  • afastamento da família e de amigos;
  • perda de interesse por atividades de que gostava;
  • descuido com a aparência;
  • perda ou ganho repentinos de peso;
  • mudança no padrão usual de sono;
  • comentários autodepreciativos recorrentes ou negativos e desesperançosos em relação ao futuro;
  • disforia (combinação de tristeza, irritabilidade e acessos de raiva);
  • comentários sobre morte, sobre pessoas que morreram e interesse pelo assunto;
  • doação de pertences que valorizava;
  • expressão clara ou velada de querer morrer ou de pôr fim à vida.

Nossa redatora-chefe Bel Moherdaui conversou com a psiquiatra Ivete Gattas sobre o assunto, veja:

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s