CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR R$ 14,90/MÊS

Vai viajar? Saiba o que fazer com seu pet e suas plantas

Você até vai sentir saudade, mas vai poder ficar tranquila.

Por Luciana Teixeira (colaboradora) Atualizado em 21 jan 2020, 16h15 - Publicado em 18 dez 2015, 08h29

Ah, as festas de fim de ano… é a em que praticamente todo mundo decide colocar uma mochilinha nas costas e viajar, nem que seja por poucos dias.

Mas quem tem animais de estimação e/ou plantinhas queridas dentro de casa, tem mais alguns itens para organizar antes de relaxar devidamente por aí!

PARA OS DOIS:

Festival da boa vizinhança

Se você tem amizade com seus vizinhos, essa pode ser uma boa chance de estreitar os laços e pedir se eles podem fazer essa gentileza – pode até trazer uma lembrancinha pra agradecer. Também pode ser um parente que more perto de você, assim como um amigo. O importante é não esquecer de deixar TODAS as instruções devidamente anotadas, tanto dos bichinhos quanto das suas plantas.

PARA OS PETS:

Reprodução/Tumblr catsdogsblog
Reprodução/Tumblr catsdogsblog

Cuidadores

Caso você não saiba, já existem alguns aplicativos que permitem que você viaje e deixe a chave da sua casa para alguém vir cuidar do seu bichinho, conforme as especificações que você deixa, ou leve ele até a casa do cuidador.

Essa é uma alternativa para as pessoas que não gostam de deixar seus animais nos clássicos hoteizinhos ou procuram uma opção mais em conta.

Enquanto o site e aplicativo da PetHub centraliza o seu serviço apenas para cachorros, o DogHero também tem alguns anfitriões que fazem o serviço de cat sitter (babá de gatos).

Hoteizinhos

A alternativa mais tradicional são os hoteizinhos para cachorros e gatos. Muitas pessoas ainda escolhem essa opção, apesar do preço, pela segurança em saber que o animal de estimação estará o mais próximo de uma clínica veterinária possível, caso ocorra algum problema.

PARA AS PLANTAS

Reprodução/Youtube
Reprodução/Youtube

Rega por gotejamento subterrâneo

Continua após a publicidade

Para as plantas que precisam ser regadas diariamente e/ou ficar com a terra sempre úmida, esse é o método mais prático e barato.

1) Pegue uma garrafa pet e encha de água.

2) Na tampa da garrafa, faça dois furos.

3) Feche a garrafa com a tampa de dois furos.

4) Faça um pequeno buraco na terra (o suficiente para colocar a tampa da garrafa).

5) Vire a garrafa de cabeça para baixo e encaixe a tampa no buraco que você fez.

6) Observe se a garrafa está firme naquela posição. Se preciso, coloque um pouco de terra ao redor para firmar.

Uma garrafa de 2 litros dura em torno de 5 dias.

Rega por necessidade

Sabe aquelas plantinhas que não precisam ser molhadas sempre? Essa técnica é a mais indicada para esse tipo de plantas. Inclusive, você consegue regar mais de uma por esse método.

1) Encha uma garrafa pet com água.

2) Agrupe todas as plantas que serão regadas por esse método ao redor dessa garrafa.

3) Separe um fio de algodão (como um cadarço, por exemplo) para cada planta. Então, se você tem 5 plantas, serão 5 fios.

4) Coloque uma das extremidades do fio dentro d’água.

5) A outra você coloca dentro da terra no vaso com a planta.

Assim, a medida que a planta for sentindo necessidade, ela vai puxando a água pelo fio de algodão.

Continua após a publicidade
Publicidade