Clique e assine Claudia a partir de R$ 8,90/mês

O café da manhã ideal para os pequenos

Você quer que o seu filho tire nota dez nas matérias e sinta prazer em estudar? Então capriche na primeira refeição do dia dele, oferecendo os alimentos certos

Por Redação M de Mulher - Atualizado em 16 jan 2020, 01h08 - Publicado em 28 abr 2013, 21h00

 

Sente-se à mesa com seu filho e faça do café da manhã um delicioso momento em família
Foto: Getty Images

 
De manhã, todo dia, é tudo sempre igual: aquela correria para acordar as crianças, ajudá-las com a higiene, vestir o uniforme… Às vezes não sobra tempo direito para uma boa alimentação. O desjejum acaba se resumindo a um copo de leite e um pãozinho. Se esse cenário é comum na sua casa, pare tudo e preste muita atenção nesta descoberta: pesquisa da Escola de Saúde Pública de Harvard (EUA) constatou que as crianças que tomam o café da manhã ideal são mais atentas e têm uma atitude positiva em relação à escola, além de apresentar mais capacidade de raciocínio lógico e também de recordar e memorizar. No estudo, quem consumiu cereais (carboidratos), leite e derivados (proteínas) e frutas (vitaminas, minerais e fibras) demonstrou melhor desempenho em testes de matemática, pouca hiperatividade, redução no número de faltas por motivos diversos e bom comportamento psicossocial.

Está comprovado também que a garotada que fica sem a refeição matinal ou faz uso de um cardápio inadequado sente mal-estar físico. Uma pesquisa realizada pelo Ideafix Estudos Institucionais, com 300 professores do ensino fundamental 1 e 2 de escolas particulares de São Paulo, apontou que 80% deles já presenciaram crianças com tontura, dor de cabeça, enjoo, náusea e vômito, entre outros sintomas, no período da manhã, atribuídos à falta darefeição.

Débora de Souza Rosa, especializada em nutrição maternoinfantil e responsável pela Nutriterapia (SP), diz que o café da manhã é essencial sobretudo na infância, pois colabora com o desenvolvimento físico e cognitivo (função cerebral responsável pelo processamento de informações e resposta aos estímulos). Mais: “É essa alimentação que vai quebrar o jejum e repor as energias gastas durante a noite de sono, além de dar condições para as atividades diárias”, explica Débora.

Meu filho não come. E agora?

Estímulo, estímulo, estímulo: é disso o que o seu pequeno precisa para criar o hábito de comer de manhã. Para que isso aconteça, o ideal é que a criança sempre encontre a mesa do café posta. E diversão também é sempre bom: que tal formar desenhos com os pedaços de fruta? Nada que seja trabalhoso; afinal, o tempo é curto. Outra coisa importante: “Sente-se à mesa com ele e faça do café da manhã um delicioso momento em família. E consuma de tudo um pouco para incentivar seu filho, pois as crianças aprendem por imitação”, sugere a nutricionista Débora de Souza Rosa.

Para o dia nascer feliz!

Confira cinco sugestões ideais de café da manhã. As quantidades dos alimentos podem variar de uma a duas porções, de acordo com a idade, o peso, o sexo e a atividade física da criança

· Opção 1

Bisnaguinha integral + queijo fresco + suco de melancia natural

· Opção 2

Leite integral batido com uma banana + biscoito caseiro de aveia

· Opção 3

Suco de laranja natural + pão francês integral + requeijão

· Opção 4

Iogurte + granola + maçã picada

· Opção 5

Leite integral batido com abacate + pão integral com geleia caseira
 

Publicidade