“Não temos permissão para deixar os filhos crescerem”

Conversamos com Lenore Skenazy, Do Reality Show World’s Worst Mom (A Pior Mãe do Mundo). Ela defende uma revisão da lei que impede os pais de decidir quando seus filhos já podem ficar sozinhos.

Por que hoje os pais não podem tirar os olhos dos filhos nem por um segundo?

Os Estados Unidos passaram ao resto do mundo essa ideia de que as crianças estão constantemente em perigo. É algo recente, que começou há uma ou duas gerações. Claro que as crianças podem passar algum tempo sem supervisão!

Sempre alertamos as crianças para não falar com estranhos. Estamos errados?

Esse é um conselho terrível, pois a maior parte dos crimes contra crianças é cometida por pessoas próximas a elas. Se você diz que todos são potenciais sequestradores, impede que elas desenvolvam um sexto sentido sobre a quem podem recorrer. Se seu filho sente que alguém suspeito o segue, não adianta entrar numa loja, por exemplo, porque também há estranhos perigosos lá.

Antigamente a vizinhança ajudava a cuidar das crianças do bairro. O que mudou?

As pessoas estão lavando as mãos e culpando os pais se alguma coisa dá errado. A culpa é realmente a chave. Condenamos a vítima pelo crime. Se você não está sempre com seus filhos, é uma má pessoa. O que tento fazer as pessoas perceberem é que não se trata de ser baby-sitter do filho dos outros se você está passando pelo parque, vê uma criança cair e ela precisa de um curativo ou de um lenço de papel. Isso é o que chamamos de comunidade.

Deixar as crianças sem supervisão em casa, por exemplo, é crime no Brasil. Como é nos Estados Unidos?

Temos 50 estados, e, em 19, existem leis que impedem os pais de deixarem os filhos sozinhos no carro, por exemplo, para pegar uma pizza, a uma distância em que você enxergue o carro e a criança. É comum que, quando a mãe volta ao carro, alguém já chamou a polícia. Em alguns estados, você pode deixar seu filho sozinho em casa a partir dos 8 anos. Em Illinois, onde nasci, só depois dos 14 anos. Eu acho que uma criança de 8 anos pode ficar no sofá vendo TV enquanto vou ao mercado, mas meu vizinho pode não concordar e chamar a polícia. As leis devem permitir que as crianças possam passar algum tempo sem supervisão, caso contrário não estamos autorizados a usar nosso próprio julgamento sobre nossos filhos em situações específicas e não temos permissão para deixá-los crescer.

Por que isso acontece?

Parte da explicação é que a mídia diz o tempo todo que as crianças podem ser atacadas. Existe um mercado que se criou em torno desse medo. Os pais deveriam ter um GPS para se certificar de onde o filho está a cada segundo, usar produtos que checam os batimentos cardíacos 24 horas, matriculá-lo em cursos extras para que ele fique à frente dos outros amigos. Você recebe mensagens o tempo todo de que apenas monitorando constantemente seu filho ele ficará bem.

Mas como você lida com a segurança?

As pessoas acham que sou muito corajosa, mas sempre coloquei meus filhos na cadeirinha no carro, faço questão que ajustem o cinto de segurança e que usem capacete quando andam de bicicleta. Em chás de bebê, dou de presente um extintor de incêndio. Acredito em segurança. Quando eles são muito pequenos, claro que você precisa supervisioná-los o tempo todo.

A partir de que idade as crianças conseguem ficar alguns momentos sem supervisão?

Acredito que a partir dos 5 anos poderiam estar lá fora brincando na companhia de um irmão mais velho. Na maior parte do mundo, crianças de 7 anos ainda andam a pé até a escola. Como é no Brasil? Crianças de 7 anos podem ir à escola a pé?