Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Como se dedicar ao trabalho mesmo tendo filhos

Saiba como se portar no trabalho para não ficar em desvantagem em relação às profissionais sem filhos

Por Redação M de Mulher Atualizado em 31 out 2016, 11h32 - Publicado em 20 jun 2011, 22h00
Como se dedicar ao trabalho mesmo tendo filhos

Saiba como se dar bem no trabalho mesmo sendo mãe
Foto: Thinkstock

 

Um embate está em curso entre profissionais com e sem filhos. De um lado do ringue, estão mães exaustas, se desdobrando para dar conta da família e do trabalho, cheias de culpa. Do outro, mulheres sem filhos, disponíveis para focar todo o tempo e a energia na carreira e alheias aos dilemas das mães que trabalham fora. Será que a ascensão profissional nos próximos tempos será determinada pelo fato de a mulher ter ou não ter filhos?

A questão é polêmica e divide quem trabalha com recrutamento. “Vai depender da posição da empresa em relação a essas duas profissionais e da estrutura que a própria mãe vai montar para manter o ritmo de trabalho”, afirma a consultora Patrícia Epperlein.  Se você tem filhos e não quer ser vista de maneira diferente pela empresa, siga as orientações dos consultores:

· Deixe claro na entrevista que você mantém uma estrutura organizada em casa. Tenha sempre na manga o telefone de uma segunda babá em caso de imprevisto.

· Evite ao máximo sair no horário de trabalho para levar o filho ao pediatra. Caso não haja alternativa, converse com seu chefe para achar uma boa solução para as duas partes. Uma opção é dividir a tarefa com o marido.

· Planeje sua saída na licença-maternidade e mantenha contato na sua ausência.

· Seja discreta ao ligar para casa para saber das crianças. Esse telefonema é visto com naturalidade pela maioria dos chefes, mas não abuse e seja breve.

· Não banque a supermãe e dedique um pouco de tempo a si mesma. Afinal, o equilíbrio reflete num bom desempenho no trabalho.

Continua após a publicidade
Publicidade