Como manter a alimentação das crianças saudável durante as férias

Confira dicas para evitar que a flexibilidade vire bagunça na alimentação da criançada

As férias são sinônimo de quebra de rotina para as crianças. Assim como os horários ficam mais flexíveis, a alimentação dos pequenos também sofre alterações, e fica difícil para as mães combinarem um cardápio saudável, divertido, que agrade aos filhos e seja capaz de repor as energias gastas nas brincadeiras.

Confira abaixo algumas dicas importantes de como cuidar da alimentação do seu filho durante o período:

Não substitua refeições
O ideal é tentar conservar os horários do café da manhã, almoço, lanche da tarde e jantar.  “Alguns alimentos, como os doces, podem ser liberados ocasionalmente após as refeições maiores como o almoço ou jantar”, explica Mauro Scharf, endocrinologista pediátrico e corpo clínico do Delboni Medicina Diagnóstica. Também é importante ficar de olho nos exageros e não deixar a criança comer tudo deliberadamente.

Opte por alimentos leves
A dieta infantil deve ser leve, mesmo no frio. O cardápio tem que conter frutas, verduras, legumes, grelhados, assados e refogados. “Como o organismo precisa se sentir mais quente, uma alternativa são as frutas assadas, como a banana, o abacaxi e o creme de maçã, que podem ficar ainda mais gostosos com canela. Para estimular o consumo de verduras e legumes, aposte nas sopas”, afirma o endocrinologista.  

Reforce o sistema imunológico
É nesse período que crescem os casos de gripes, resfriados e doenças respiratórias. A dica é aproveitar as frutas da época, que são boas fontes de vitamina C, como morangos, tangerina e laranja.  “Esses alimentos ajudam a aumentar a resistência imunológica”, diz o médico.

Mantenha a hidratação
Água, sucos naturais e água de coco são as melhores opções para manter as crianças hidratadas. O médico alerta que o consumo de refrigerante em excesso está relacionado ao aumento de peso e deve ser evitado.