Clique e assine Claudia a partir de R$ 8,90/mês

A diferença entre fé e esperança

Ter fé e ter esperança podem parecer sinônimos, mas saiba que elas revelam diferenças, dependendo de como são expressadas

Por Redação M de Mulher - Atualizado em 20 jan 2020, 13h50 - Publicado em 15 dez 2010, 21h00
A diferença entre fé e esperança

Você tem fé ou esperança?
Foto: Getty Images

Fé e esperança parecem sinônimas, mas podem ter sentidos diferentes dependendo do que cada um quer expressar através delas.

Esperança…

 
… como o nome sugere, implica um estado de espera. E se quem espera não tem maturidade para compreender que a dor e as perdas fazem parte da vida, e abraça a esperança como mera reação ao desespero, o resultado pode ser frustração e até revolta caso a expectativa não se cumpra – a volta de um amor perdido, por exemplo.

Esse tipo de esperança supõe que o poder espiritual deve realizar nossas vontades e operar milagres. Se o milagre não vem nos sentimos desamparados.

Continua após a publicidade

Fé…

 
…”quem a tem confia num plano superior e entende que as dificuldades atendem a um propósito e servem como aprendizado”, observa o professor Franklin Santos, da Faculdade de Medicina da USP. “O indivíduo tem uma postura mais realista, o que faz com que se sinta menos desamparado mesmo quando o problema não se resolve do jeito como gostaria”.

O que diz a evolução

 
Do ponto de vista da evolução, fé e esperança são sinônimos. “A espécie humana foi se adaptando para viver em ambientes hostis – e uma das ‘armas’ ou características evolutivas que garantiram nossa sobrevivência foi a esperança. Os mais confiantes sobreviveram, assim como os que suportaram melhor o frio, o calor…”, finaliza João Calixto. 

Publicidade