Clique e Assine CLAUDIA por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

Equilíbrio Postural: o que é, para que serve e exercícios indicados

À medida que envelhecemos, manter o equilíbrio do corpo pode ficar mais difícil. Confira exercícios que promovem esse controle

Por Lorraine Moreira
Atualizado em 10 abr 2024, 15h32 - Publicado em 10 abr 2024, 10h03

O equilíbrio postural é essencial para o ser humano. Ficar de pé, andar, pular e correr são possíveis graças a ele. À medida que envelhecemos, controlar o equilíbrio se torna mais difícil, enquanto as quedas são mais comuns. Para evitar esses problemas ou corrigir a situação, é importante inserir exercícios que melhorem a coordenação motora, força, mobilidade e firmeza nos movimentos no dia a dia.

O que é equilíbrio postural?

O equilíbrio postural é a capacidade de manter o corpo equilibrado, seja de forma estática ou mecânica.

O sistema nervoso central (SNC) é responsável por esse controle minucioso dos músculos e das articulações. Tudo para que as pessoas consigam sustentar suas posições sem serem vencidas pela força gravitacional.

O controle é inconsciente, constante e dinâmico, exceto quando o corpo está deitado, pois é preciso haver tensão muscular para que ele fique naquela posição.

Para que serve o equilíbrio postural?

O equilíbrio postural proporciona a estabilidade e a sustentação do corpo, permitindo seu funcionamento nas posições estáticas ou em movimento. Existem três tipos:

  1. O equilíbrio estático é a capacidade de controlar nosso equilíbrio em condições bastante previsíveis e inalteradas.
  2. O equilíbrio reativo se refere a recuperar uma posição estável após uma perturbação inesperada.
  3. O equilíbrio proativo ou antecipatório é a capacidade de ativar os músculos das pernas e do tronco para controlar o equilíbrio antes de movimentos voluntários potencialmente desestabilizadores.

A maioria das tarefas exige todos os três aspectos do controle do equilíbrio. Quando você precisa alcançar um objeto, é necessário manter uma posição estável antes de pegá-lo, além de ter controle de equilíbrio antecipado para evitar a perda de estabilidade e controlar o equilíbrio reativo quando ele for mais pesado do que você imaginava.

Continua após a publicidade

A importância da boa postura para o equilíbrio postural

O alinhamento correto do corpo permite que tenhamos movimentos mais precisos e mais eficientes, além de não sobrecarregar nossos músculos e ossos, explica Michel Kanas, ortopedista especialista em coluna do Hospital Israelita Albert Einstein e médico do Instituto Cohen.

Não ter uma boa postura corporal traz efeitos negativos a longo prazo. “Essa sobrecarga pode acometer as estruturas mais internas da coluna, como o disco intervertebral e as articulações. Esse desgaste pela sobrecarga das articulações pode gerar lesões mais graves como hérnia de disco e artrose, por exemplo”, continua o especialista.

Há muitas maneiras de comprometer a coluna. “Ficar muito tempo na mesma posição, seja deitado, sentado ou em pé, causa uma sobrecarga na região, porque pode gerar uma inflamação ou dor, principalmente em quem já possui desgaste em alguma articulação“, diz o médico.

“O ideal é levantar um pouco para se alongar. Assim melhora a dor e evita o desgaste nas estruturas”, recomenda. A explicação do profissional é que o corpo foi feito para estar em movimento, menos quando estamos dormindo.

Os músculos que ajudam a ter uma boa postura da coluna são os eretores da espinha, que devem estar sempre bem alongados, além dos isquiotibiais, que são músculos que vêm da região da bacia até a região das pernas e musculatura posterior da coxa. Quando estão encurtados, acabam por provocar posturas lordóticas. 

Continua após a publicidade

O fortalecimento isométrico do core, um conjunto de músculos que formam um cilindro ao redor da coluna, também é essencial. Ele ajuda a proteger a parte interna das articulações da coluna. E quem pode ajudar nesse processo é o pilates, segundo Michel.

Equilíbrio postural
Yoga e pilates promovem equilíbrio postural (Chevanon Photography/Pexels)

Exercícios que ajudam no equilíbrio corporal

Ficar apoiado em uma perna só durante 30 segundos, com 5 a 10 repetições, intercalando a perna, é um dos exercícios para melhorar o equilíbrio corporal. Além dele, elevar a perna para trás, pela mesma quantidade de tempo e vezes, ajuda bastante.

Erguer os braços e ficar nas pontas dos pés são outras opções. Sentar e levantar da cadeira, pular corda, caminhar pelo slackline, fica em pé sobre o bosu, fazer pilates e yoga são mais algumas. Mas não se esqueça da constância: o importante é treinar os movimentos todos os dias para conseguir resultados duradouros.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Moda, beleza, autoconhecimento, mais de 11 mil receitas testadas e aprovadas, previsões diárias, semanais e mensais de astrologia!

Receba mensalmente Claudia impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições
digitais e acervos nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de 14,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.