Clique e assine com até 75% de desconto

Alimentos funcionais protegem o corpo contra doenças

WOMEN'S HEALTH mostra todos os alimentos funcionais que ajudam na prevenção de doenças e ensina a incluí-los no dia a dia

Por Redação M de Mulher Atualizado em 17 jan 2020, 15h38 - Publicado em 14 jun 2011, 21h00

WOMEN’S HEALTH de junho vai ajudá-la a usar a alimentar a favor da sua saúde
Foto: Reprodução revista WOMEN’S HEALTH

Comer é um grande prazer, além de dar energia para aguentar o tranco do dia a dia e fazer funcionar a complexa engrenagem que é o organismo. Graças à ciência, uma categoria de alimentos ganhou o nome de funcionais e adicionou mais um benefício às escolhas corretas que você faz: proteger seu corpo contra doenças. Se você ainda não ouviu falar deles, a edição de junho da WOMEN’S HEALTH é a oportunidade que faltava para você encontrar motivos de sobra para incluí-los em sua lista de compras.

Os funcionais “são ingredientes que, além da função nutricional básica, podem alterar seu metabolismo e produzir efeitos benéficos à saúde”, diz a nutróloga Jocelem Salgado, professora de nutrição do Departamento de Agroindústria, Alimentos e Nutrição da Esalq/USP, em Piracicaba.

Conheça abaixo 5 deles e não deixe de conferir a publicação do mês para conhecer a lista completa…

Peixes marinhos

· Quantidade recomendada: 180 g por dia, o equivalente a 2 filés pequenos.

· Como incluir na dieta: assados ou cozidos, trazem mais benefícios para o coração do que fritos, salgados ou secos, explicaram cardiologistas em um congresso da American Heart Association de dois anos atrás.

Suco de uva integral

· Quantidade recomendada: 300 ml ao dia, o equivalente a 1 copo e meio.

· Como incluir na dieta: beba nos lanches (da manhã ou da tarde).

Frutas vermelhas

· Quantidade recomendada: 1 ou 2 xíc. (chá) das frutas, 300 ml do suco e 1 col. (sopa) de geleia por dia.

Continua após a publicidade

· Como incluir na dieta: o suco pode ser consumido nos lanches, a geleia no café da manhã e nos lanches e as frutas a qualquer hora (inclusive na forma de picolés e doces).

Chá verde

· Quantidade recomendada: de 4 a 6 xíc. por dia.

· Como incluir na dieta: beba quente ou frio, no café da manhã, nos lanches da manhã e da tarde e na ceia ou então alguns minutos após as refeições.

Aveia

· Quantidade recomendada: 40 g de farelo de aveia por dia.

· Como incluir na dieta: basta salpicar em iogurtes e frutas ou usar no preparo de bolos e biscoitos.

Alimentos funcionais protegem o corpo contra doenças

Saber consumir vitaminas e nutrientes é fundamental para manter a saúde em dia
Foto: Reprodução revista WOMEN’S HEALTH

Sobrecarga de vitaminas

As vitaminas e nutrientes são sim benéficos à saúde. Isso não dá para negar. Entretanto, quando consumidos em excesso, na forma de cápsulas, podem gerar um efeito contrário e comprometer a saúde. “Acreditar que elas apenas fazem bem ou não imaginar que podem fazer mal é um erro. Em algumas situações, podem elevar a incidência de câncer ou até aumentar a mortalidade”, alerta Omar Jaluul, presidente da Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia.

Tendo em vista essa possibilidade, a WOMEN’S HEALTH reuniu a quantidade diária que cada vitamina e nutriente deve ser consumido e o que é considerado limite. O cálcio, por exemplo, acima de 2500 mg diários pode levar a pedras nos rins e, ironicamente, enfraquecer os ossos. Fique atenta!

Adoce sem amargar as calorias

Quer mais uma novidade na área de alimentação? Conheça então o agave: ingrediente, cujo xarope, é um ótimo adoçante natural. Tem em média de 3 a 4 calorias por grama e deixa tudo docinho, docinho. Você precisa conhecer!

Continua após a publicidade
Publicidade