CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR R$ 14,90/MÊS

Erika Hilton disponibiliza R$ 1 milhão em emendas para compra de vacinas

A vereadora de São Paulo fez o anúncio antes da Câmara aprovar o consórcio de munícios, que exige que todos os parlamentares disponibilizem a mesma quantia

Por Da Redação 11 mar 2021, 19h12

A vereadora Erika Hilton (PSOL) disponibilizou 1 milhão de reais de suas emendas parlamentares para a compra de vacinas contra a Covid-19. A decisão da parlamentar foi anunciada nesta quarta-feira (10) antes da votação na Câmara de Vereadores sobre a entrada da capital no consórcio de municípios em busca de doses do imunizante. O projeto, de autoria do prefeito Bruno Covas, foi aprovado por unanimidade.

Com a decisão positiva da Câmara Municipal de São Paulo, os outros 54 parlamentares terão que disponibilizar 1 milhão de reais de suas emendas, assim como a ação feita por Erika.

Segundo o UOL, outra medida de enfrentamento à pandemia defendida por Erika é um projeto de emenda à Lei Orgânica do Município para tornar obrigatório a reserva de 25% das emendas parlamentares dos vereadores para a compra de vacinas e insumos.

“Nesse sentido, partindo da necessidade de fortalecer essa necessária atuação coordenada entre os Poderes no combate ao avanço da pandemia em São Paulo, venho por meio deste ofício formalizar, perante Vossas Excelências, o meu compromisso de destinar R$ 1.000.000 (um milhão de reais) dos recursos de emenda parlamentar disponibilizados ao meu mandato para o ano de 2021 à aquisição de vacinas contra a covid-19 pela Prefeitura do município de São Paulo”, defendeu a parlamentar no ofício.

O consórcio dos munícios passou a ser mais considerado com o Supremo Tribunal Federal liberando os governos municipais e estaduais comprarem imunizantes na falta de doses pela União. Ou seja, se o Ministério da Saúde for omisso com o planejamento do Plano Nacional de Imunização (PNI), os consórcios estão liberados.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade