Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Veja quais são as novas restrições da fase emergencial em SP

Atendimento em lojas de construção, eventos religiosos e competições esportivas estão proibidos

Por Da Redação Atualizado em 12 mar 2021, 13h19 - Publicado em 11 mar 2021, 16h08

Nesta quinta-feira (11), o estado de São Paulo entrou em fase emergencial e adota regras mais intensas de isolamento social. As medidas vão durar de 15 de março ao dia 30.

O toque de recolher passará a ser das 20h às 5h. Segundo o governador João Doria, São Paulo não está em lockdown.

Escolas particulares, municipais e estaduais terão os recessos de abril e outubro antecipados para este mês, entre os dias 15 e 28. As instituições públicas ficarão abertas apenas para alimentação.

Além dessas medidas, cultos, missas e outras atividades religiosas coletivas foram suspensos, assim como eventos esportivos,incluindo jogos de futebol.

O governo estadual criou uma força-tarefa para ampliar a fiscalização dos estabelecimentos, porém a Polícia Militar não foi encarregada de proibir as pessoas de saírem no horário de restrição.

Nesta nova fase, lojas de materiais de construção não serão mais consideradas essenciais e deverão permanecer fechadas. Para atividades não essenciais, a determinação é que o trabalho seja feito remotamente. Já mercadorias não poderão ser retiradas presencialmente em lojas ou restaurantes, somente por serviços de delivery.

Continua após a publicidade
Publicidade