Tio de namorada de Rafael Miguel sobre crime: “Morreram tarde demais”

Em entrevista, o homem afirmou ainda que as vítimas integravam rede de pedofilia

Quatro dias após o assassinato do ator Rafael Miguel e seus pais, um novo personagem entra em cena de maneira controversa. No mesmo dia em que as vítimas foram enterradas, o irmão de Paulo Cupertino Matias, responsável pelos assassinatos, deu uma entrevista polêmica ao Cidade Alerta, da Record.

Identificado apenas como Joel, o tio de Isabela Tibcherani defendeu o irmão e tentou justificar os crimes. Segundo ele, a família de Rafael “estava envolvida com uma rede de pedofilia” e queria “corromper a menina, prometendo que ela ia ser artista de televisão”.

Tio de namorada de Rafael Miguel

 (Reprodução/Reprodução)

“[Rafael, Miriam e João] estavam usando o amor como desculpa. Morreram tarde demais esses daí”, acrescentou. Até o momento, as acusações não foram confirmadas pela polícia.

Também em entrevista ao Cidade Alerta, Isabela afirmou que o tio não é uma pessoa confiável. “Eu nunca fiquei acho que a cinco metros desse homem na minha vida (…) sei que ele existe, mas nunca nem troquei palavras (…) nem que tivesse chance gostaria“, declarou.

Leia também: Homem é confundido com assassino de Rafael Miguel e sofre ameaças

+ Irmã de Rafael Miguel faz desabafo: “Trauma foi gigantesco, mas seguirei”

Vote e escolha as vencedoras do Prêmio CLAUDIA