Clique e assine Claudia a partir de R$ 8,90/mês

“Me dê força”, pede esposa de jornalista morto em avião da Chape

A jornalista usa suas redes sociais para deixar cartas de amor ao amado

Por Da Redação - Atualizado em 6 dez 2016, 09h13 - Publicado em 5 dez 2016, 18h53

A jornalista Isabella Fernandez Ibargoyen encontrou nas palavras uma forma de aliviar sua dor. A gaúcha era casada com Giovane Klein, uma das vítimas da queda do avião que levava a equipe Chapecoense à Colômbia, e tem usado suas redes sociais para enviar mensagens de amor e de saudade ao companheiro. Leia na íntegra:

“Meu amor, te mando mais informações pra que sigas tranquilo e em paz por aí! Estou em Floripa, terra que um dia até sonhávamos vir morar…é que vai ter uma homenagem pra vocês, colegas de RBSTV, aqui! Além da tua sogra, estou com tua mãe, teu pai e teu irmão. Teus pais andaram de avião pela primeira vez. Todos nós andamos…acho que passamos pertinho da tua nova morada. Depois vamos pra tua terrinha, Pelotas. Só queria que tu recebesse essa foto pra saber que também foste lembrado na Arena Condá, em Chapecó. Terra onde fizemos tantos amigos que estão lá agora nos mandando energias positivas. Esse era teu espacinho em cada jogo da chape, lembra? Eu fiquei um tempinho ali conversando contigo, acho que tu me ouviu né? Levei tua camisa da do grêmio, da chape e da sportv, tuas três paixões: o time de coração, o jornalismo esportivo e a tv. Senti ali naquele pedacinho do gramado tua presença. Por alguns momentos até te vi trabalhando, observando cada lance durante as transmissões dos jogos e fazendo intervenções pertinentes, dignas de quem entende do assunto e que nasceu pra isso. Mas depois de piscar os olhos eu vi um outro trabalho, vi outros jornalistas…teus ídolos do jornalismo esportivo estão na Arena. Assim como repórteres que sempre foram nossas referências de jornalismo. Aaah o jornalismo!! Ele também tem me dado força amor, tenho usado as palavras pra desabafar, te informar e me confortar. A minha pauta diária tem sido tu, espero que estejas me assistindo, lendo, ouvindo…sentindo!”

Leia também: “Só quero que ele volte”, diz namorada de sobrevivente da Chape

“E cada vez vai ficando mais difícil ver que a última visualização foi às 19:12 de segunda-feira! E já que tu não viu minhas últimas mensagens, te mando agora só pra reafirmar tudo aquilo que te escrevi na terça, depois que já estavas aí no teu novo lugarzinho iluminado! Aah, e pra seguir te deixando bem informado, e não deixar dúvidas de que tu recebeu a minha mensagem uma rede de amigos, parentes, conhecidos e até desconhecidos deu um jeito de compartilhar centenas de vezes a minha declaração! Até o jornal da cidade que tu lia todas as manhãs na sacada tomando mate fez questão de replicar essa minha conversa contigo! Sei que tu tá vendo tudo isso, né? Me dá força por favor? Essa vida sem a tua graça não tem a menor graça meu amor!”

Continua após a publicidade

Leia também: Mãe do goleiro Danilo, da Chapecoense, seca lágrimas de repórter

Os relatos tomaram conta das redes sociais e internautas de todo o Brasil continuam a enviar palavras de conforto e alento para a jovem. Giovani, também jornalista, estava fazendo a cobertura da Chape pela RBS, filiada da Rede Globo no Sul do país.

Publicidade