Clique e assine Claudia a partir de R$ 8,90/mês

José Mayer é tirado de novela após acusações de assédio

TV Globo pretende "descansar imagem" do ator. Ele estava reservado para o próximo folhetim de Aguinaldo Silva.

Por Da Redação - Atualizado em 5 abr 2017, 19h20 - Publicado em 3 abr 2017, 11h09

Já antes do fim de A Lei do Amor, o ator José Mayer, 67 anos, estava reservado para a novela O Sétimo Guardião, de Aguinaldo Silva, que estreia no ano que vem. No entanto, após ser acusado de assédio sexual pela figurinista Susllem Meneguzzi Tonani, 28 anos, nos batidores da Rede Globo, ele foi dispensado do elenco.

Segundo o colunista Fernando Oliveira, do F5, com isso, a emissora quer descansar a imagem do ator e evitar o desgaste. Além disso, Mayer terá de abandonar os personagens sedutores.

Em carta publicada na coluna #AgoraÉQueSãoElas, do jornal Folha de São Paulo, Tonani conta que, nos bastidores da novela A Lei do Amor, o ator um dia elogiou a sua beleza. Em pouco tempo, os “elogios” foram se transformando. “Do ‘como você se veste bem’, logo eu estava ouvindo: ‘como a sua cintura é fina’, ‘fico olhando a sua bundinha e imaginando seu peitinho’, ‘você nunca vai dar para mim?’.”, escreveu.

“Em fevereiro de 2017, dentro do camarim da empresa, na presença de outras duas mulheres, ele colocou a mão esquerda na minha genitália.”, relata a figurinista. Ela afirma ter procurado a área de Recursos Humanos da empresa, que lhe prometeu tomar as medidas cabíveis, mas nada aconteceu.

Procurada por CLAUDIA, a assessoria de imprensa da TV Globo disse que está cuidando do caso com atenção. “Todas as questões são apuradas com rigor, ouvidos todos os envolvidos, em busca da verdade.”, afirmam.

Mayer se defendeu dizendo que “As palavras e atitudes que me atribuíram são próprias do machismo e da misoginia do personagem Tião Bezerra [da novela A Lei do Amor, encerrada na sexta (31)], não são minhas!”. 

Leia mais: José Mayer fala pela 1ª vez sobre acusação de assédio sexual

Continua após a publicidade
Publicidade