Indígena aprende a usar o computador para salvar seu idioma da extinção

Ela tem 81 anos e é a última pessoa no mundo fluente em Wukchumi

Há sete anos, a indígena Marie Wilcox assumiu uma tarefa árdua, mas extremamente importante para a comunidade onde vive: resgatar o idioma de seus ancestrais. Ela é da tribo Wukchumi, natural da Califórnia.

O povo de Marie já teve 50 mil pessoas, mas com a colonização, a população diminuiu drasticamente. Hoje, só há 200 pessoas. Com a mudança de gerações, partes essenciais da cultura Wukchumi se perderam, entre elas, a língua original. Mas Marie, que tem 81 anos e já é bisavó, estava determinada a impedir o sumiço total do idioma.

Como ela é a última dominá-lo, resolveu fazer um dicionário. Para isso, teve que aprender a mexer no computador e se dedicar exclusivamente a isso por quase uma década. O processo está registrado no documentário “Marie’s Dictionary”, disponível no Youtube. Hoje, com o trabalho concluído, Marie e sua filha, Jennifer, se dedicam a dar aulas do idioma a outros membros da tribo. Ela também tem planos de fazer um dicionário em áudio, visando conquistar cada vez mais pessoas.

Assista ao vídeo (em inglês):