Crianças que foram separadas dos pais nos EUA podem ter sofrido agressão

Após cruzar a fronteira entre Estados Unidos e México, os menores seguiram sozinhos para os centros de detenção

A emissora americana CNN divulgou nesta quarta-feira (22) que algumas crianças pequenas, separadas dos pais na fronteira dos Estados Unidos com o México, podem estar sofrendo agressões. As crianças foram enviadas ao abrigo sozinha e se encontram dentro dos centros de detenção espalhados pelo país. Desses menores, 49 são brasileiros.

De acordo com a reportagem, as crianças, além de serem agredidas, estão sofrendo abusos como agressão psicológica e uso excessivo de isolamento. Se for comprovada a veracidade dos fatos, o governo americano pode ser processado pela infração aos Direitos Humanos e abuso de menores.

Mais lidas: Mãe de menina Vitória recebeu ameaças antes e depois de desaparecimento