Queijadinhas: do “comfort food” às lembrancinhas de festa

Ingredientes selecionados, receita caseira e preparo artesanal resulta na versão gourmet da famosa queijadinha

 

Foto: Divulgação

Depois da versão gourmet do brigadeiro, agora é a vez de novos docinhos “com gostinho de infância” voltarem à cena. A novidade, no entanto, é que esses doces, que sempre ocuparam um espaço em nossa memória afetiva, estão agora brigando por espaço também nas docerias. São aqueles que estão relacionados às nossas lembranças do passado, como, por exemplo, o saboroso bolinho de cenoura que sua avó fazia. Chamadas de “comfort food”, essas comidinhas, que na verdade nunca saíram de moda, são consideradas sobremesas que têm um toque emocional, “confortável” e muito simples. Deu saudades, não é mesmo?

No Reino das Queijadinhas o docinho brasileiríssimo faz o maior o sucesso. Lia Abbud, dona da marca, aprendeu a fazer os quitutes com a mãe e, depois de muitos pedidos dos amigos, resolveu comercializá-los na internet, sem deixar a simplicidade e o toque caseiro de lado.

De acordo com Lia, que abandou o jornalismo para apostar na gastronomia, sua proposta é oferecer aos clientes doces sem frescura e com muito capricho no visual. “A queijadinha é um docinho que deve ser saboreado sem pressa, a cada mordidinha”.

 

Queijadinhas: do "comfort food" às lembrancinhas de festa

Foto: Divulgação

Os quitutes são feitos em dois sabores: tradicional (com leite condensado e coco ralado), e de paçoca (em que o doce de amendoim substitui o coco). Lia conta que vende em média 2.500 a 3.000 queijadinhas por mês.

Sem contar o sucesso que as queijadinhas fazem nas festas de aniversário de crianças: sim, elas ficam na mesa ao lado do brigadeiro e beijinho. “Os pequenos adoram! Acredito, ainda, no poder que as comidinhas têm de tornar os encontros entre amigos e familiares em ocasiões e memórias ainda mais especiais”, revela a empresária

Outro diferencial do docinho é a apresentação: “vendemos as queijadinhas em embalagens especiais de lembracinhas, como cestinha e marmitinhas, ideais para presentear em ocasiões como aniversários, casamentos, maternidade, batizado e chás de bebê”.

Clique na imagem abaixo e confira receitas de doces típicos:

 

Queijadinhas: do "comfort food" às lembrancinhas de festa