Clique e assine com até 75% de desconto

Uma tarde com Hebe Camargo

Acompanhamos a gravação do programa da rainha da televisão brasileira e contamos aqui toda a agitação que rola nos bastidores

Por Redação M de Mulher Atualizado em 21 jan 2020, 10h35 - Publicado em 30 nov 2008, 21h00

Hebe Camargo chega feliz aos 
estúdios do SBT
Foto: Jakelyne Lechinewski

Se eu fosse escolher uma expressão popular para definir Hebe Camargo, certamente seria esta bem simples, mas representativa: “essa loira é só alegria”. Pois é isso mesmo, a apresentadora mais querida da televisão brasileira tem o riso fácil e esbanja simpatia, inclusive nos bastidores e longe das câmeras. Acompanhar a gravação de seu Programa Hebe (que vai ao ar às segundas, 20 h, pelo SBT) é realmente muito divertido.

>> Bastidores do Programa Hebe
 
Aos 79 anos, Hebe não tem nada de formal e mantém uma jovialidade incrível. Ela chega à emissora a bordo de sua Mercedes preta, toda segunda, por volta das 12h30. E surge praticamente pronta, com as unhas feitas, penteada e maquiada.
 
Conversa aqui e ali, cumprimenta quem vê pela frente nos corredores do SBT e entra em seu camarim para os retoques finais. Dá mil palpites e, muitas vezes, leva peças de seu riquíssimo acervo pessoal, incluindo jóias, para completar o figurino, deixando o figurinista Luciano Amorim doidinho. É lá também que repassa o texto pouco antes de entrar em cena.
 
Apesar das frutas e petiscos saborosos, estrategicamente colocados à sua disposição, a apresentadora não costuma se alimentar antes de gravar. Enquanto no palco a orquestra termina a afinação e ajustes e as coordenadoras de platéia “aquecem” o público, Hebe é a mais pura concentração nos bastidores.
 
O clima é de expectativa com as sete câmeras devidamente posicionadas, e as produtoras Juliana Carqueijo, Karen Konishi e Suellen Cersósimo a postos para se revezarem na tarefa de orientar as atrações e o texto.

Luzes, câmera, ação!

Quando Hebe entra em cena, ao som da orquestra e com as luzes voltadas para ela, o clima é de pura magia. Com seu microfone cravejado de pedrarias, sua elegância e carisma ímpares, a animadora é a imagem do sonho e do glamour que alegra o cotidiano de milhares de expectadores há décadas. Muitos a acompanham há bastante tempo, desde os anos 60 e 70, quando ela fazia o programa aos domingos na Record.
 
Impecável, Hebe agradece os aplausos e se movimenta com a maior desenvoltura em seus saltos altíssimos. Há três meses sob direção de Ariel Jacobowitz, a atração está cheia de novidades, a começar pelo cenário. Agora, banquetas modernas substituem o tradicional sofá da entrevistadora e os convidados famosos permanecem no palco acompanhando as outras apresentações. Isso sem falar no Jornal da Hebe, que é sempre hilário.
 
“É fácil dirigir a Hebe porque, antes de tudo, ela é uma profissional que sabe como se comunicar. Quando sorri, o mundo ri com ela. Dirigir a Grande Dama da TV não é só um presente, é uma honra”, diz Ariel, emocionado.

Continua após a publicidade
Publicidade